Sábado, Fevereiro 27, 2021
- Publicidade -

“Pedro do Vale, jovem artista”, por Massimo Esposito

Num momento difícil e de clausura como este que estamos a passar o que podemos fazer? Muitas coisas, dependendo das nossas atitudes: ler um livro, fazer ginástica na sala, costurar, ouvir musica e muitas outras coisas..além de fazer nada.

- Publicidade -

Quando não desenho ou pinto no lockdown, entro na net e procuro nestes labirintos algo que não conheço, técnicas, exposições virtuais, artistas e temas similares. Passeando com o meu amigo Google encontrei um nome e umas imagens que me chamaram a atenção: Pedro do Vale, jovem artista de Faro.

Ele desenha até ao mais ínfimo pormenor, retratos principalmente, fez a escola superior de Belas Artes e em Espanha estudou a técnica a óleo com espátula, mas ele diz: “…Sou um pintor, um artista plástico. Não me considero um hiper-realista mesmo que trabalhe a partir de uma referência fotográfica. Os meus trabalhos no início eram muito mais duros. Tinham muito mais detalhes e havia todo um aglomerado de informação que, se calhar, do meu ponto de vista, neste momento, considero exagerada. Hoje em dia, há um processo seletivo muito diferente. Prefiro estar associado ao realismo porque quero que a perceção da luz seja natural…”

- Publicidade -

E aqui podemos retirar algo interessante para quem gosta de desenhar e para quem deseja enveredar para uma carreira artística. Em primeiro lugar temos de ter bases técnicas e culturais. Em segundo lugar aplicarmo-nos com vontade, e em terceiro lugar progredir seletivamente para poder melhorar as metas a alcançar.

Aconselho todos a ver o seu perfil no Facebook ou procurar alguns artigos sobre ele e apreciar as suas obras. É arte? Não sei julgar, mas com certeza são desenhos impecáveis a nível técnico.

Pintor Italiano, licenciado em Arte e com bacharelato em Artes Gráficas em Urbino (Itália), vive em Portugal desde 1986. Em 1996 iniciou um protejo de ensino alternativo de desenho e pintura nas autarquias do Médio Tejo que, após 20 anos, ainda continua ativo. Neste projeto estão incluídas exposições coletivas e pessoais, eventos culturais, dias de pintura ao ar livre, body painting, pintura com vinho ou azeite, e outras colaborações com autarquias e instituições. Neste momento dirige quatro laboratórios: Abrantes, Entroncamento, Santarém e Torres Novas.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).