Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Quinta-feira, Maio 13, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Ourém | Passadiço do Agroal inaugurado no dia do hastear da Bandeira Azul

Em declarações aos jornalistas, o presidente da Câmara de Ourém, Luís Albuquerque, adiantou que o passadiço do Agroal vai ser inaugurado por altura da abertura da época balnear, em concreto no mesmo dia do hastear da Bandeira Azul, no arranque da época balnear. As “obras estão a decorrer normalmente”, garantiu o autarca.

- Publicidade -

Luís Albuquerque não soube adiantar para quando se prevê o hastear da Bandeira Azul, referindo porém que a data costuma ser no início do julho.

O passadiço do Agroal, que vai ligar o Parque Natureza à praia fluvial, criando todo um percurso alternativo ao atual e com um melhor desfrute da natureza, encontra-se em estado avançado de construção.

- Publicidade -

Orçada em 176.999,29 euros e financiada por fundos comunitários, esta empreitada foi adjudicada à “Carmo – Estruturas em Madeira, SA”, empresa responsável, por exemplo, pela construção dos célebres Passadiços do Paiva, avança nota de imprensa municipal.

Segundo a Câmara Municipal de Ourém , o projeto prevê a “construção de uma estrutura enquadrada ecológica e paisagísticamente na margem esquerda do Rio Nabão, que fará a ligação entre o Parque Natureza e a Praia Fluvial do Agroal”.

A estrutura que está a nascer na margem do rio terá um comprimento aproximado de 780 metros, obedecendo às exigências de um projeto devidamente estruturado e aprovado pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e pelo Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

Além do seu objetivo inicial, o passadiço do Agroal pretende contribuir para zelar pela segurança de residentes, comerciantes e visitantes, oferecendo soluções de estacionamento junto ao Parque Aventura, na mesma medida em que pretende desviar os peões da estrada de acesso à Praia Fluvial.

Em 2020, em reunião de executivo, foram aprovados os contratos de promessa, compra e venda dos terrenos necessários para a implantação do passadiço, numa área de 44 149,56 m2.

“Finalmente temos condições para lançar o concurso para a execução do Passadiço do Agroal, um projeto que, recorde-se, tem associados fundos comunitários, num investimento total de 380 mil euros”, afirmou na ocasião Luís Miguel Albuquerque, presidente da autarquia.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

COMENTÁRIOS

Please enter your comment!
O seu nome