PUB

Mação | Praia fluvial de Carvoeiro hasteou Bandeira Azul pelo 12º ano consecutivo

Os equipamentos estão a postos para receber os banhistas e visitantes, sendo que a época balnear já iniciou a 9 de junho. Ao final da manhã de dia 12 de junho, terça-feira, foi hasteada a Bandeira Azul na Praia Fluvial de Carvoeiro, concelho de Mação, um galardão que é sinónimo de qualidade e excelência, e ao qual se juntam as distinções Praia Acessível e Qualidade de Ouro (Quercus). Algo que ganha maior importância numa freguesia fustigada pelos fogos de 2017 e que ganha agora balanço para “virar a página” e apreciar o esverdear da paisagem que aos poucos renasce.
Assim o entende Vasco Estrela, presidente da Câmara Municipal de Mação, que em declarações ao mediotejo.net reforçou serem o território e os recursos naturais as grandes mais-valias do seu concelho, realçando ainda o “facto inédito” na região e no país com o reconhecimento dado à praia fluvial de Carvoeiro, em doze anos consecutivos, com atribuição de Bandeira Azul pela ABAE.
“É obviamente sinónimo de qualidade, é sinónimo de muito trabalho ao longo de muitos anos no sentido de manter a praia, de forma a cumprir os requisitos que são exigidos pelas entidades que têm competências nesta matéria e que contribuem para a atribuição desta distinção”, disse o autarca.

Foto: mediotejo.net

Para Vasco Estrela este é também “o culminar de um esforço coletivo”, e que acontece com uma série de “melhoria contínuas que a CMM tem feito nesta praia, do trabalho dos concessionários e de todas as pessoas que aqui prestam serviço para a Câmara e para os concessionários”.
Carvoeiro foi uma das freguesias mais afetadas pelos fogos do verão de 2017, e as marcas são ainda muito visíveis no território. Apesar de tudo, este equipamento é importante no sentido de ajudar a dinamizar toda a área e a trazer alguma alegria e vivacidade àquela comunidade. “Estamos todos satisfeitos e orgulhosos deste feito” disse Vasco Estrela, recordando a dor e sofrimento das pessoas de Carvoeiro durante os incêndios florestais, uma dor que acredita que os acompanhará por muitos anos. “Que esta distinção sirva para amenizar o sofrimento destas pessoas”, reiterou.
A praia fluvial de Carvoeiro já tem vigilância assegurada desde o início da época balnear, no período de 9 de junho a 9 de setembro. Dispõe de vários equipamentos, como balneários, bar, parque de merendas, churrasqueiras, espreguiçadeiras e toldos de palha, posto de primeiros socorros, estacionamento. Está dividida com zona de banhos para adultos e para crianças, e tem cadeira anfíbia para pessoas com mobilidade reduzida, bem como rampas de acesso aos patamares superiores.
Recorde-se que a distinção com Bandeira Azul representa um símbolo de qualidade ambiental atribuído anualmente às praias e portos de recreio e marinas que se candidatam e que cumpram um conjunto de critérios do Programa Bandeira Azul. Estes estão divididos em 4 grupos: Informação e Educação Ambiental; Qualidade da Água; Gestão Ambiental e Equipamentos e Segurança e Serviços.
PUB

Foto: mediotejo.net

A Praia Fluvial de Carvoeiro localiza-se a cerca de 25 minutos de Mação, e situa-se na localidade de Carvoeiro. Costuma receber visitantes de toda a região e do país, e é um espaço apetecível para reunir com a família e deixar as crianças brincarem e correrem à vontade. Destaca-se pelo seu enquadramento natural, que lhe confere grande tranquilidade e cujas infraestruturas estão adaptadas à envolvente florestal, permitindo contacto muito próximo com a fauna e flora.
Além de Carvoeiro, o concelho de dispõe de outros equipamentos e locais aprazíveis, desde a Praia fluvial de Cardigos, a Praia fluvial de Ortiga, o Pego da Rainha, na Zimbreira (Envendos), o Vale do Ocreza com as gravuras rupestres, percursos pedestres junto ao rio Tejo, entre outros.

PUB
PUB
Joana Rita Santos
Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).