Abrantes | Movimento ALTERNATIVAcom apoia estudo sobre aeroporto em Tancos

Tancos. Foto: DR

O ALTERNATIVAcom apoia um “urgente estudo de viabilidade do potencial Aeroporto de Tancos, o qual valorize todos os aspetos inerentes a um projeto rigoroso e credível, incluindo os de impacto social e ambiental na região”, fez saber o movimento independente de Abrantes em comunicado enviado às redações. Defende também que “todo o processo de estudo e debate, desde a sua génese, seja marcado pela transparência integral, envolvimento cidadão e prevalência do interesse público e nacional”.

PUB

PUB

O ALTERNATIVAcom assistiu no dia 5 de fevereiro, em Vila Nova da Barquinha, ao debate promovido pela Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT) sobre o tema “Base de Tancos – Potencialidades”, acerca da possibilidade de conversão da Base Aérea de Tancos em “Terminal 3” do Aeroporto Humberto Delgado (Lisboa), com possibilidade de se expandir e, a longo prazo, vir a tornar-se o principal aeroporto de Portugal.

Segundo o movimento, este primeiro debate, de natureza aeronáutica e logística, “demonstrou inequivocamente que Tancos poderá ser, a curtíssimo prazo, a alternativa mais segura, mais versátil, mais económica e com maior potencial de expansão, do que a duvidosa e preocupante opção pelo Montijo, bem como de outras que têm sido sugeridas. Se alguma dúvida restou deste debate, ela prende-se com o ‘timing’ em que ocorreu”.

PUB

Nota o ALTERNATIVAcom que, “além do espaço dedicado e das infraestruturas já edificadas, Tancos possui uma centralidade geográfica ímpar e servidões rodoferroviárias de qualidade, não sendo por acaso que o Regimento de Apoio Militar de Emergência (RAME) se localiza nesta mesma sub-região. Acresce que Tancos, adequadamente estudado e projetado, se afigura com grande conveniência e benefício para o interior do País, prometendo um impacto estruturante sem equivalente”.

Assim, no mesmo comunicado, o movimento reitera que “estará sempre do lado da democracia real e do desenvolvimento sustentável, defendendo resolutamente o interesse de Abrantes e dos abrantinos, nas diversas escalas territoriais em que o concelho se insere. Uma democracia ética, aberta e participada, e um desenvolvimento – económico, social, cultural e ambiental – que seja abrangente, harmonioso e com oportunidades e benefícios para todos”.

O ALTERNATIVAcom compromete-se ainda a “acompanhar de perto todo o processo e a tomar as posições públicas que se imponham”, conclui.

PUB
APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser), através do IBAN PT50001800034049703402024 (conta da Médio Tejo Edições) ou usar o MB Way, com o telefone 962 393 324.

PUB
PUB

1 COMENTÁRIO

  1. Um futuro aeroporto em Tancos custaria apenas um “armazém” adaptado para servir de gare para as Low cost e bastaria por um mini bus a fazer a ligação pendular com a estação ferroviária do entroncamento (menos de 15 minutos ) para ligar a linha do norte e ao nivel rodoviário há um nó de autoestrada a menos de 2 minutos ficando de carro Abrantes a 15 minutos,Tomar a 20 minutos, Fátima a meia hora, Santarém e leiria a menos de 45 minutos , Coimbra e Caldas da rainha a uma hora, Figueira da Foz e Lisboa a menos de uma hora e meia …..Um investimento irrisório, que traria desenvolvimento para fora de Lisboa e Porto e iria aliviar o congestionado aeroporto de lisboa deslocalizando parte das low cost para fora de lisboa dando-lhes espaço aéreo e logística barata para operar ….uma opção barata , rápida e sem impactos ambientais alem dos já existentes

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here