Abrantes | Bombons Palha de Abrantes em estreia na Feira Nacional de Doçaria

Ir a Abrantes e não provar a tradicional Palha de Abrantes, o doce mais conhecido do concelho, pode não ser um pecado mortal mas andará lá perto. Além do tradicional formato, que pode ser degustado à colherada ou de uma assentada, o Chef Fernando Correia, da pastelaria Tágide Gourmet, em Rossio ao Sul do Tejo, continua a aliar a tradição à inovação e preparou uma nova variante do afamado doce para ser apresentado este fim de semana na Feira Nacional de Doçaria Tradicional: o bombom Palha de Abrantes.

PUB

A essência da Palha de Abrantes passa pelas gemas de ovos que transforma em fios de ovos e em ovos-moles antes de formar o histórico doce da ‘Palha’, mas variantes deste secular doce abrantino têm sido dadas a conhecer pelo Chef Fernando Correia, que assumiu em 2018 os destinos de um negócio familiar que assinala 40 anos em 2020, com um percurso dourado em termos de reconhecimentos e prémios em concursos de pastelaria. A Tágide Gourmet é especializada na Palha de Abrantes mas também na confeção da tigeladas, broas de mel com nozes, mulatos e castanhas doces, entre outros.

Bombons Palha de Abrantes em estreia na Feira Nacional de Doçaria. Foto: mediotejo.net

Apostado em aliar a inovação à tradição da pastelaria tradicional e conventual, colocando no mercado novos produtos, o Chef Fernando Correia, formador e especialista em doces conventuais, já lançou o quindim Palha, o fardo Palha de Abrantes, o bolo-rei, o folar, e até um gelado Palha de Abrantes, para a época de maior calor – e com marca registada, como faz questão de salientar -, sendo também o responsável pela confeção da maior palha de Abrantes no mundo.

PUB
PUB
Bombons Palha de Abrantes da Tágide Gourmet apresentam-se este domingo na Feira Nacional de Doçaria Tradicional. Foto: mediotejo.net

Agora, e após meses de testes e de prova, é o chocolate preto que envolve o doce de ovos resultando num bombom Palha que vai ser apresentado e poder ser saboreado este domingo, em plena 18ª edição da Feira Nacional da Doçaria Tradicional de Abrantes, que vai decorrer no centro histórico da cidade. O objetivo do mestre pasteleiro é sempre surpreender o cliente, antecipando aquela que pode constituir uma boa prenda para a época de Natal.

Os Bombons Palha de Abrantes vão ser apresentados este domingo na Feira Nacional de Doçaria Tradicional. Foto: mediotejo.net

Dizem os antigos que o doce Palha de Abrantes foi assim batizado por fazer lembrar em tempos de navegação fluvial e à passagem no Tejo, na zona de Abrantes, dos carregamentos de palha para a capital, que sempre deixavam o rio coberto de fios alaranjados a fazer lembrar os fios de ovos do doce.

Falar-se de Abrantes é associar-se a cidade àquele ícone alaranjado, de sabor e textura fortes, lembrando a história da sua criação e, acima de tudo, lembrando os fios de ovos e ovos-moles gratinados, que saltam à vista nas montras de doçaria do concelho. E este fim de semana, no Largo 1º de maio, concentram-se mais de três dezenas de doceiros profissionais de todo o país, sendo a Palha de Abrantes um dos doces em destaque num evento que apresenta ainda geleias, compotas, licores e outras ofertas, para além de diversas atividades de animação e oficinas de doçaria.

PUB
Chef Fernando Correia apresenta um novo produto made in Tágide Gourmet. Foto: mediotejo.net

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here