Sexta-feira, Fevereiro 26, 2021
- Publicidade -

Abrantes | Aldeia do Mato com Bandeira Azul pela 7ª vez e Fontes terá nova praia em breve

A Praia Fluvial de Aldeia do Mato, que se encontra na margem esquerda do Rio Zêzere, na Albufeira de Castelo do Bode, no concelho de Abrantes, recebeu este ano pela 7ª vez a Bandeira Azul, depois de ter sido hasteada em 2009, 2010, 2011, 2012, 2015 e 2016. Na manhã desta quinta-feira, Maria do Céu Albuquerque procedeu ao hastear da bandeira de 2017 juntamente com o concessionário daquele espaço, notando que esta distinção “enche de orgulho, mas também de responsabilidade”, tendo anunciado que também a aldeia de Fontes deverá acolher uma praia fluvial “ainda este verão”.

- Publicidade -

A autarca reconheceu que esta distinção é “uma mais-valia” e representa “um atestado da qualidade da água e das infraestruturas”, fundamental para “alicerçar uma estratégia de desenvolvimento sustentável, tendo por base o turismo ativo, de natureza, aproveitando as grandes potencialidades” que o concelho apresenta, disse, em declarações à comunicação social.

“É com gosto que hoje hasteamos a Bandeira Azul, é com gosto que promovemos a Aldeia do Mato, tendo por base as condições de excelência que a natureza nos proporciona”, salientou.

- Publicidade -

O espaço tem sido alvo de “um grande investimento” ao longo dos últimos anos, recordou a autarca, notando vários elementos, como a instalação da própria praia fluvial, dos bungalows e do cable park para prática de wakeboard.

“Ainda este ano, e muito recentemente, substituímos toda a madeira do deck que se apresentava já bastante debilitado”, afirmou.

Inserindo-se também numa estratégia intermunicipal, a praia fluvial de Aldeia do Mato recebeu recentemente a instalação de uma Estação intermodal que serve de infraestrutura de apoio para quem queira percorrer a Grande Rota do Zêzere, rota que completa 370 km ao longo de vários municípios desde a Serra da Estrela até à região do Médio Tejo, entre os quais Constância, Sardoal, Abrantes, Ferreira do Zêzere e Vila de Rei. O percurso pode ser feito a pé, de bicicleta ou de canoa, de forma contínua e encadeada, por troços ou em circuitos multimodais.

Miradouro das Fontes. Foto: CMA

Nova praia fluvial nas Fontes “ainda este verão”

O município de Abrantes continua a apostar na promoção turística e, em especial, da zona norte do concelho, numa parceria com a Junta de Freguesia das Fontes, estando a criar condições para “ainda este verão instalar uma praia fluvial” nessa localidade.

“Temos o processo legal e administrativo a decorrer na Agência Portuguesa do Ambiente, temos o processo a decorrer na CCDR Centro, já contratámos e estamos a adquirir neste momento os equipamentos que vão ficar instalados, numa primeira fase, criando condições para a utilização da melhor maneira da albufeira naquele ponto do concelho”, explicou Maria do Céu Albuquerque.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

1 COMENTÁRIO

  1. Muito bem! É, já agora, podermos aproveitar este tempo de confinamento, para rezar o Terço todos os dias, pedindo à Mãe de Deus e nossa Mãe, que, para além de nos livrar do vírus que mata o corpo, nos abra o entendimento e nos livre do vírus da alma, o pecado, que não nos deixa entender a vantagem de fazer o que Deus manda, nem nos deixa capacidade para O amar! 😀

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).