Sertã | Câmara tece elogios à Maratona de Leitura após balanço positivo

Ana Sofia Marçal e a equipa da Maratona de 2018, encerraram esta 7ª edição, no palco do Castelo da Sertã. Foto: Vitorino Coragem

Foi apresentado um relatório de atividade sobre a 7ª edição da Maratona de Leitura da Sertã, na passada reunião de executivo camarário pública. O êxito e elogios foram aspectos unânimes entre as intervenções dos membros do executivo, sobre este que é considerado “o evento de excelência” e também “um oásis na cultura” do concelho. Ainda assim, há quem considere que outros outros apoios devem ser dados no âmbito cultural, nomeadamente a escritores que ainda têm muito para dar ao concelho, caso do poeta Miguel Manso.

PUB

José Farinha Nunes (PSD), começou por referir que a Maratona de Leitura “procura introduzir hábitos culturais junto da nossa população” e nesse sentido, na edição de 2018, “quem assistiu pôde apreciar momentos únicos” dedicados à leitura, à cultura, a autores.

“Uma palavra de homenagem vai para o trabalho e dedicação dos trabalhadores e trabalhadoras do município da Sertã, em especial toda a equipa da Biblioteca Municipal Padre Manuel Antunes, coordenada pela Ana Sofia Marçal. Toda a equipa está de parabéns”, mencionou, referindo também os “voluntários que contribuíram para o êxito desta Maratona e agradecimentos a todos os escritores, contadores de histórias, bibliotecas itinerantes e outros convidados que estiveram presentes”. Também foram mencionadas as Juntas de freguesia pela sua colaboração, associações culturais e recreativas do concelho, e várias empresas locais, bem como à população da Sertã “que se associou ao evento”.

“O Município da Sertã está ao lado da cultura, a nossa responsabilidade aumentou depois desta edição da Maratona da Leitura e prometemos continuar a trabalhar e a dedicar-nos à cultura no concelho da Sertã”, disse o autarca sertaginense.

De seguida, o evento foi muito elogiado pelos vereadores do executivo, caso de Carlos Miranda (PS).

PUB

O socialista não quis deixar de recordar o “político que, pela primeira vez, reconheceu o alcance e importância para a Sertã, do Padre Manuel Antunes. Esse político é do Dr. José Paulo Farinha”, registando que “o executivo da Sertã, e a equipa do partido que apoia este executivo, tenham também finalmente compreendido a importância do Padre Manuel Antunes”.

Sertã | Câmara tece elogios à Maratona de Leitura após balanço positivo
Foto: mediotejo.net

Avaliando o evento em si, referiu que “é marcante não só para a Sertã, mas para a região e até para o país, porque é verdadeiramente original” e que “está a pôr a Sertã no mapa”.

Depois de destacar também a organização e programação deste ano, lamentou que “por parte da população [da Sertã] não haja ainda aquela adesão que penso que todos nós gostaríamos de ver”, entendendo que a Maratona de Leitura “é um oásis na cultura da Sertã” e que “vai ser mais difícil integrarem-se” neste evento.

Segundo Carlos Miranda há ainda pontos a melhorar, pois lamenta que a Maratona “não tenha continuidade noutros eventos”.

Por outro lado, Jorge Coluna, vereador do PSD, considerou que a Maratona de Leitura é “um evento cultural de excelência para o concelho da Sertã” e elogiou a dinâmica da organização, que tem cumprido o objetivo primordial de promoção da leitura, nomeadamente nas faixas mais jovens, uma vez que “cada vez se vêem mais crianças a ler e participar”.

Ainda assim, sugeriu que se pudesse fazer “uma extensão junto dos estabelecimentos de ensino, nas aulas”  para que a programação da Maratona tenha “um efeito melhor” no estímulo dos hábitos de leitura das crianças e jovens.

O vereador social-democrata teceu ainda elogio às atividades complementares descentralizadas, nomeadamente às sessões de contos das “Festas na Aldeia”, referindo ter conhecimento da emoção do público ao assistir a um conto no Trízio, na UF de Cernache do Bonjardim, Nesperal e Palhais.

“É uma forma de chegar às aldeias mais isoladas do concelho (…) é levar a cultura às pessoas em vez de trazer as pessoas à cultura”, disse, concordando que se trata de uma estratégia de “cultura ao domicílio”.

 “Se eu estivesse no seu lugar, eu andava com o Miguel-Manso ao colo”

Na senda do balanço da atividade cultural, outro tema surgiu em cima da mesa. Apresentado por Carlos Miranda, vereador do Partido Socialista, que defendeu na passada reunião de executivo camarário pública maior apoio ao poeta Miguel-Manso, natural da Sertã, e à sua Associação Cultural dos Mandriões no Vale Fértil, com sede no Vale do Pereiro, freguesia de Várzea dos Cavaleiros, tendo em conta que há “cerca de 1 milhão de euros para atribuir em subsídios” pela Câmara.

“Não dar-lhe apoio a troco de nada, mas dar em benefício do que possa fazer em prol da Sertã”, temendo que “ou vá embora para Lisboa como tantos outros, ou algum concelho vizinho percebe o potencial do Miguel e vai buscá-lo e dá o apoio que não está a ter neste momento na Sertã”, concluiu.

Sertã | Câmara tece elogios à Maratona de Leitura após balanço positivo
Foto: DR

Para Carlos Miranda trata-se de “um dos poetas mais importantes da sua geração”, que permanece no concelho, onde tem as suas raízes, e “está a tentar recuperar a casa do seu avô, no Vale do Pereiro, no sentido de a tornar uma residência artística e de ali criar ateliers de criação artística”, introduziu Carlos Miranda (PS), notando que, desde a sua presença no concelho, há 4 anos, tem participado e envolvido em diversos eventos concelhios, colaborado em iniciativas “de forma graciosa”.

Insistiu o vereador que “a presença do poeta Miguel-Manso entre nós é um motivo de grande orgulho e sobretudo é algo que pode trazer muito à Sertã”, crendo que este tem “muito mais para dar” ao concelho.

José Farinha Nunes (PSD), presidente da CM Sertã, referiu que o poeta “está a ter apoio da CM Sertã (…) agora neste momento não tenho os dados, mas posso informá-lo do apoio que tem sido dado”. “Quando detetamos alguma oportunidade, temos aproveitado e o escritor tem sido apoiado, e vamos continuar a apoiar”, assegurou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here