Mação | Autarquia suspende Festival da Lampreia

O tradicional Festival da Lampreia organizado pela Câmara de Mação há mais de uma década não se realiza este ano, anunciou a autarquia, imputando a suspensão do evento gastronómico às deficientes condições das águas do Tejo e da “má publicidade” que gira em torno do rio Tejo.

PUB

“Decidimos suspender o Festival da Lampreia este ano porque o rio não apresenta condições para a pesca e as pessoas ficam de pé atrás, questionando a proveniência das espécies e gerando má publicidade ao Tejo e, no caso, à qualidade do produto ali pescado, como as lampreias”, disse ao mediotejo.net o presidente da Câmara de Mação, Vasco Estrela (PSD).

O evento, que se realiza todos os anos na época da desova e em que as lampreias sobem o rio, entre fevereiro e abril, é uma das imagens de marca do concelho de Mação, tendo os seus restaurantes granjeado fama e proventos ao longo dos tempos, resultado de tradição que assenta na história das suas comunidades piscatórias, nomeadamente na freguesia ribeirinha de Ortiga.

Mação | Autarquia suspende Festival da Lampreia
Em Ortiga, o restaurante ‘O Bigodes’ é um dos especialistas na confeção da lampreia. Foto: mediotejo.net

“Esta é uma decisão que serve também para marcar a nossa posição relativamente aos episódios recorrentes de poluição que têm marcado o Tejo, e a lampreia que tem sido servida nos últimos anos, em boa medida, já não tem sido a de Mação. Nesse sentido, e até que haja retoma da qualidade das águas e da conectividade fluvial, decidimos suspender o evento”, disse o autarca, tendo observado que, no entanto, os restaurantes vão continuar a servir a lampreia, com as receitas habituais, tendo relevado a importância da gastronomia ribeirinha para a atividade económica e turística concelhia.

O Arroz de Lampreia à moda de Mação foi mesmo eleito Estrela do Médio Tejo na categoria de Prato Principal a nível regional, sendo um dos pratos típicos do Município de Mação mais conhecidos e procurados por apreciadores de todo o país, assumindo lugar de destaque nas ementas dos restaurantes, sobretudo pela forma única e especial como é confecionado: em Mação, o arroz é feito com o sangue da lampreia e servido, separado da mesma.

 

Mação | Autarquia suspende Festival da Lampreia

A Câmara Municipal chegou a apostar em mais três eventos gastronómicos (os festivais do Peixe do Rio, do Arroz e Maranhos, e do Azeite, Migas, Almeirão e Enchidos) que configuravam uma forte aposta na promoção da gastronomia local, da região e dos próprios restaurantes, a partir de receitas antigas que seriam trabalhadas pelos restaurantes aderentes com base na Carta Gastronómica “À Mesa em Mação”, que compila os saberes e sabores de sempre da gastronomia do Concelho e que foi galardoado com o Prémio de Literatura Gastronómica da Academia Internacional de Gastronomia, tendo os mesmos sido suspensos o ano passado.

COMPARTILHE
A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.
Artigo anteriorAlcanena | Regressam cursos para concluir 9º e 12º ano
Próximo artigoSardoal | Junta de Freguesia investe em fardamento para funcionários

2 COMENTÁRIOS

  1. É de louvar a atitude da Câmara Municipal de Mação.
    Só falta mesmo é um processo contra o Estado português e respectivas indemnizações aos restaurantes e pescadores.
    Um abraço

DEIXAR UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here