Entroncamento | Suba a bordo para comemorar o aniversário do concelho

Comboio Real, no Museu Nacional Ferroviário. Foto: mediotejo.net

O 73º aniversário da elevação do Entroncamento a concelho é comemorado entre os dias 17 e 25 de novembro com atividades para todos os gostos em diversos locais. O programa propõe concertos, exposições, cerimónias oficiais, uma conferência, o final da Taça de Portugal de danças latinas (standard), um dia aberto do Museu Nacional Ferroviário e teatro infantil em quatro datas diferentes.

PUB

A música surge no primeiro momento, agendado para as 17h00 deste sábado, dia 17, com a realização do Festival Anual de Coros do Orfeão do Entroncamento no Centro Cultural, e regressa ao local pelas 21h30 de dia 23, sexta-feira, durante o concerto em que Mila Ferreira diz ao público “Bonsoir Paris”.

Entre esta data e o dia 25, a 27ª edição da Expo-Aves, organizada pelo Clube Ornitófilo Ribatejano, decorre nas instalações da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Entroncamento. A exposição pode ser visitada entre as 10h00 e as 20h00 na sexta-feira e no sábado e das 10h00 às 18h00 no domingo.

O programa arranca com o Festival Anual de Coros do Orfeão do Entroncamento. Foto: Orfeão do Entroncamento

O Dia do Concelho, assinalado no dia 24, começa com o final da Taça de Portugal na modalidade de Danças Latinas Standard, da Academia de Dança, que decorre entre as 09h00 e as 23h00 no Pavilhão Desportivo Municipal. Ao longo do dia também é possível visitar o Museu Nacional Ferroviário, que tem as suas portas abertas.

A efeméride é, igualmente, assinalada com as cerimónias oficiais que têm início com o hastear da bandeira, pelas 09h30, no Largo José Duarte Coelho com a participação do Orfeão do Entroncamento e da Associação Filarmónica e Cultural do Entroncamento. O momento inclui a sessão solene que se segue no Centro Cultural, onde também tem lugar, às 11h00, uma conferência sobre Cottinelli Telmo e os bairros ferroviários.

PUB
Bairro Camões. Foto: mediotejo.net

Esta iniciativa começa com as apresentações dos arquitetos João Paulo Martins e Ana Rita Venda, da Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa (FAUL), sobre o tema “A Arte de Cottinelli Telmo no Entroncamento”. Os “Bairros Ferroviários”, por sua vez, dão o mote para a comunicação da historiadora Manuela Poitout.

O final da conferência ficará marcado pela assinatura dos protocolos referentes ao Bairro Camões, seguido da inauguração da exposição com os trabalhos de pintura de Isabel Fonseca dedicados a este bairro ferroviário. As obras inspiradas no Bairro Camões passam a estar patentes na Galeria Municipal e podem ser visitadas até 8 de dezembro.

As comemorações terminam nesta data, pelas 21h30, com o concerto do grupo Ciro Cruz Quartet, integrado no III Ciclo de Jazz do Entroncamento, no Centro Cultural. O mesmo palco recebe, a partir das 15h30 de domingo, dia 25, um momento dedicado aos mais pequenos com a apresentação do teatro infantil “A menina que detestava livros”.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here