Entroncamento | Obras do Cine-Teatro S. João arrancam em julho

Pormenor do projeto. Foto: DR

O “novo” Cine-Teatro S. João começa a ganhar forma no próximo mês de julho com o arranque da empreitada de reabilitação com valor superior a 1,5 milhões de euros. A data foi avançada durante a apresentação pública do projeto realizada este sábado, dia 6, naquele local emblemático da cidade que em 2018 reabre preparado para acolher 390 pessoas e 90% das produções artísticas.

PUB

O Cine-Teatro S. João celebrou meio século em 2016 e foi encerrado oficialmente em 2010 depois do parecer do IGAP – Instituto de Gestão e Administração Pública que incidia na falta de condições de segurança e iluminação. Uma vez anunciada a remodelação do espaço, a população conheceu os pormenores da “nova” sala de espetáculos do concelho através do presidente da autarquia, Jorge Faria, e do arquiteto responsável pelo projeto que ambos caraterizaram como “um desafio”.

O valor total do investimento situa-se nos 1.640.453,70€ (1.196.825,18€ suportados por fundos comunitários e 442.628,58€ pelo município) e preparará a sala principal para receber 390 pessoas e 90% das produções artísticas. O edifício contíguo, entretanto adquirido pela Câmara Municipal, será transformado numa sala multiusos com um auditório de menores dimensões e a realização de colóquios e conferências será apoiada por uma sala de tradução.

O antes e o depois. Fotos: CM Entroncamento e mediotejo.net

O cinema volta a ser uma realidade a partir de 2018 com recurso a tecnologia 4K (Ultra High Definition) na sala onde irão predominaras cores do concelho, o vermelho e o preto. No exterior, o Cine-Teatro S. João vai impor a sua presença a quem passar perto da Rua D. Nuno Álvares Pereira através da fachada em betão iluminada por listas LED e um painel LED, assegurando o último a partilha de informação cultural.

A empreitada incide na estrutura do edifício e o projeto apresentado este sábado teve como objetivo ir ao encontro das regras de segurança exigidas por lei, tornar o espaço confortável e apelativo, assim como dotá-lo numa primeira fase com equipamento cénico/audiovisual que pode receber upgrades. As novas condições técnicas, nomeadamente a profundidade do palco, terão sido limitadas pelo enquadramento e estrutura e não permitem que cerca de 10% das produções culturais sejam ali apresentadas.

PUB
A apresentação pública do projeto de reabilitação do cineteatro foi feita no local. Fotos: mediotejo.net

Os projetos da especialidade já foram aprovados e remetidos às entidades responsáveis e a candidatura ao financiamento, apresentada em dezembro, foi aprovada há cerca de um mês. No final de maio termina o prazo para a entrega das candidaturas das empresas construtoras, prevendo-se que as obras com duração de um ano tenham início em julho depois do Tribunal de Contas se pronunciar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here