Criada associação para apoiar alunos estrangeiros no IPT

Alguns dos estudantes envolvidos no projeto (Foto: DR)

A recém-formada “ESN Tomar – Erasmus Student Network Tomar Associação” tem como objetivo principal o acompanhamento dos estudantes internacionais que passam parte da sua formação académica no Instituto Politécnico de Tomar.

PUB

A associação foi registada no cartório notarial de Tomar no dia 17 de outubro, tendo como fundadores Isabel Maria Silva Freire, Ana Sofia Cardoso Garcia e André Filipe Salvador Ribeiro.

No entanto, o trabalho deste grupo de estudantes voluntários não começou só agora. O projeto teve início em março deste ano e foi envolvendo cada vez mais pessoas.

O que se pretende é integrar os alunos estrangeiros e, em simultâneo, aproveitar o encontro de diferentes culturas beneficiando também os alunos nacionais.

Para isso, o grupo desenvolve várias atividades culturais e desportivas. Por exemplo, levar os alunos a conhecer o Convento de Cristo e outros monumentos, praticar canoagem no rio Nabão, apoiar a associação protetora dos animais, visionar filmes ou simplesmente divertir-se em festas.

PUB

Os estatutos da nova associação apontam como objetivo “o acompanhamento dos estudantes internacionais que passam parte da sua formação académica no Instituto Politécnico de Tomar, sendo o seu principal representante”.

Propõe-se ainda “levar a cabo todas as ações consideradas adequadas e necessárias, visando criar condições para um melhor entendimento das diferentes culturas entre os estudantes de diferentes origens, nomeadamente: assegurando o acompanhamento na integração social e prática dos estudantes internacionais no IPT”.

Ao mesmo tempo, pretende-se motivar e apoiar os alunos do IPT a “frequentar, durante a sua formação académica, uma instituição de ensino superior no estrangeiro” numa perspetiva “de enriquecimento cultural, formação e autodesenvolvimento, fomentando valores de voluntariado e cidadania ativa”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here