Abrantes | Proprietária do Cineteatro São Pedro disposta a arrendar ou vender o imóvel

A sociedade Iniciativas de Abrantes, proprietária do Cineteatro São Pedro, em Abrantes, garantiu esta quinta-feira, 1 de fevereiro, estar na disposição de arrendar ou vender o edifício à Câmara Municipal de Abrantes ou a qualquer outra instituição desde que seja salvaguardado “o extraordinário património arquitetónico e cultural que o imóvel representa”. A garantia foi dada ao mediotejo.net pela gerência da sociedade comercial.

PUB

A sociedade Iniciativas de Abrantes, Lda. “está na disposição de ponderar o arrendamento ou a venda do Cineteatro São Pedro à Câmara Municipal de Abrantes ou a qualquer outra instituição que dê garantias de respeitar o extraordinário património arquitetónico e cultural que o imóvel representa” garantiu esta quinta-feira ao mediotejo.net a gerência da sociedade comercial.

A polémica surgiu com a perda da gestão municipal do Cineteatro São Pedro por parte da Câmara Municipal de Abrantes (CMA) no dia 28 de janeiro, data em que terminou o contrato de comodato de cedência do Cineteatro que o município mantinha através de um protocolo com a sociedade comercial. O contrato foi celebrado por um período de 19 anos visando a reabilitação do imóvel.

A sociedade Iniciativas de Abrantes, Lda, reunida em Assembleia Geral de 28 de janeiro de 2018, segundo comunicado da CMA, recusou as propostas apresentadas pela autarquia. No entanto, a CMA compromete-se até final do ano em manter o diálogo negocial e entre as várias propostas em cima da mesa encontra-se, nomeadamente, a compra do Cineteatro São Pedro.

O vereador Luís Dias disse ao meditejo.net que a CMA tem mantido diálogo “há meses com a gerência da Iniciativas de Abrantes. Em novembro entra uma nova gerência e encetaram-se novas negociações formais tendentes à persecução do objeto cultural do cineteatro. Mas até ao momento não foi possível chegar a acordo. As propostas da Câmara não foram ainda apreciadas favoravelmente. A gestão do equipamento é neste momento da sociedade Iniciativas de Abrantes e a Câmara Municipal não tem acesso ao imóvel”.

PUB

Em comunicado a CMA explicou que “em 29 de janeiro de 1999, a CMA estabeleceu um protocolo com a referida Sociedade, assumindo a gestão e utilização do equipamento por um período de 19 anos. A CMA realizou obras de requalificação do espaço, com acesso a financiamento nacional e comunitário e devolveu o equipamento ao serviço da comunidade abrantina e da região”.

Refere ainda que “a nova gerência da Sociedade Iniciativas de Abrantes Lda. decidiu assumir a devolução da titularidade e gestão do imóvel, desde o dia 29 de janeiro. Na sequência da contraproposta apresentada pela gerência das Iniciativas de Abrantes, Lda, comunicada à CMA em 30 de janeiro, a mesma encontra-se em apreciação pelos serviços municipais”.

A esse propósito o vereador Luís Dias adiantou que “a Iniciativas de Abrantes propôs algo que neste momento não é possível para a CM que parte de um valor de locação. Porque um valor de locação em termos de beneficiação do imóvel não permite que se possam fazer as necessárias adaptações do imóvel face a algumas debilidades estruturais que tem”.

No entanto, a CMA compromete-se a “manter um diálogo negocial com a Iniciativas de Abrantes, Lda, para que o Cineteatro São Pedro cumpra a sua função original”. E ainda “a assegurar os quadros de programação cultural municipal”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here