Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Trincanela

Domingo, Julho 25, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Trincanela

“Where do ideas come from? We are all creative”, por Sónia Pedro

Na crónica desta semana decidi por levantar a cabeça e olhar o mundo, além do que a vista alcança…

- Publicidade -

Quem não conhece as conferências TED?!

O Programa TED foi criado em 1984 pelas mãos de Richard Saul Wurman e pela Fundação Sapling, organização sem fins lucrativos originária dos EUA e que realizou a sua primeira conferência em 1990. Apesar da ênfase inicial na Tecnologia e Design (o acrónimo TED significa Technology, Entertainment & Design), devido ao seu nascimento em Sillicon Valley, a popularidade e propagação do evento a diversos países implicou também a extensão a múltiplas temáticas.

- Publicidade -

O Programa TED foi criado com a missão de partilhar ideias. O seu lema é: “Ideas worth Spreading. And debating. And criticizing. And improving.” O objetivo é dar voz às comunidades, organizações e pessoas que através dos eventos TEDx locais partilham as suas experiências, ideias e projetos.

Além da América, as Conferências TED têm sido realizadas um pouco por todo o mundo (Europa, Ásia, Austrália e África) e suportadas por organizadores independentes que desejem criar um evento TEDx na sua própria comunidade (segundo um conjunto de regras especificas, claro está). As apresentações individuais são limitadas a 18 minutos e os vídeos disseminados pela internet.

O Programa TED é hoje uma comunidade global. Existem os TED.Books, o TED Institute, os TED Prize, as TEDx Talks, os TED Studies, etc, etc, etc.

Porque vos trago hoje o Programa TED?! Por várias razões. Mas sobretudo porque materializa um conjunto de caraterísticas e tendências do tempo singular em que vivemos:

  • a inter-relação entre os diversos locais e o global;
  • a capacidade de os diferentes atores (pontos na rede) se influenciarem mutuamente;
  • as influências positivas decorrentes do trabalho cooperativo global;
  • a criatividade latente na diversidade;
  • mais do que o dinheiro, o que faz mover as pessoas são as suas paixões.

Neste momento a página oficial (https://www.ted.com) disponibiliza um vasto conjunto de apresentações dedicadas a 353 temáticas diferentes. De A a Y, desde as 84 “talks” dedicadas ao ativismo às 34 dedicadas à juventude (“youth”). Entre as pessoas que nos apresentam as suas ideias estão cientistas, filósofos, músicos, lideres de negócios e religiosos, e muitos, muitos outros.

Podemos visualizar 145 “discursos” relacionados com a CRIATIVIDADE (fazendo as contas de uma forma mais ou menos geral, um total de 2610 minutos), 193 relativos a ARTES, 138 acerca de ARTE, 352 relativos a DESIGN e 125 relativos a Música.

Centenas de partilhas, de discursos, de projetos e de ideias em tom apaixonado e que, concordemos ou não, nos fazem acreditar na humanidade. E que materializam o enorme potencial da criatividade/ diversidade.

Em Abrantes, no verão passado, um evento de formato semelhante – O IGNITE PORTUGAL – deu palco, ou melhor dizendo palete às ideias e projetos das pessoas da região.

E TU?! QUE IDEIAS TE APAIXONAM? O QUE QUERES PARTILHAR?

Presidente da Associação Médio Tejo Criativo, Sónia Maria de Matos Pedro é licenciada em Antropologia - Ramo Antropologia Social e Cultural pela Universidade de Coimbra - Faculdade de Ciências e Tecnologia e Mestre em Cidades e Culturas Urbanas pela Faculdade de Economia também da Universidade de Coimbra. Já trabalhou em diversos projetos empresariais. Segundo diz a própria, "ideias e projetos para o futuro é que não faltam".

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here