Voz aos Autarcas: Fernanda Asseiceira, Alcanena

Nesta segunda oportunidade dada pela Médio Tejo.Net para dar voz ao Município de Alcanena através da sua Presidente, é relevante salientar as comemorações do 102º Aniversário do concelho de Alcanena, que se assinalam no dia 08 de Maio, apesar de, durante todo o mês se realizarem várias iniciativas que se associam a estas comemorações.

PUB

Faz precisamente no dia 08 de Maio 2 anos que o concelho assinalou o seu Centenário e importa salientar que a Câmara Municipal conseguiu que este importante marco fosse partilhado, participado e vivido por toda a comunidade, por todos os agentes, económicos, culturais, sociais e institucionais.

É aliás esta a marca que temos procurado desenvolver e manter.

PUB

Uma das características distintivas deste território é efectivamente a sua dinâmica protagonizada por todos os intervenientes, num contributo colectivo para a afirmação e valorização do concelho de Alcanena.

Cada um tem plena consciência do seu papel na sociedade e procura concretizá-lo da melhor maneira.

Estas comemorações permitem fazer sempre um balanço do trabalho desenvolvido e uma prospectiva de futuro. É público o importante e meritório trabalho desenvolvido pela Câmara Municipal que foi reconhecido na última Assembleia Municipal, que aprovou o Relatório e Contas de 2015, por unanimidade.

É justa esta avaliação pela sua actividade em geral mas por resultados concretos dos quais destaco:

– Execução orçamental quer na despesa quer na receita de cerca de 95%;

– Maior comparticipação recebida em termos de Fundos Comunitários , que ultrapassou os 5 milhões de euros;

– Redução da Dívida Total em mais de 1,3 milhões de euros relativamente ao ano anterior;

– Evolução favorável do Endividamento Líquido Municipal, com um valor de mais de 5,7 milhões de euros abaixo do limite legal;

– Prazo Médio de Pagamento  a Fornecedores de 14 dias;

– Resultado Líquido superior a 1,3 milhões de euros.

São apenas alguns indicadores objectivos que comprovam a evolução muito positiva do trabalho desenvolvido.

De destacar também que hoje vivemos no concelho de Alcanena com mais qualidade de Vida, tendo sido ultrapassados problemas ambientais graves, graças às intervenções realizadas quer pela Câmara Municipal quer pela Austra- Associação de Utilizadores do Sistema, como pela APA- Agência Portuguesa do ambiente em 2015.

É por isso um importante passo para que o concelho também se afirme em termos turísticos em todo o seu território:

A praia Fluvial dos Olhos de Água, cujas obras de requalificação foram inauguradas  no passado dia 05 de Maio – Feriado Municipal, o projecto Percorrer e Conhecer Alcanena  que abrange todas as Freguesias do concelho e que integra  uma rede de 11 percursos pedestres, 1 percurso de manutenção  e 5 percursos de BTT, o Centro Ciência Viva do Alviela que se encontra requalificado e em constante valorização, que inaugurou também nesse mesmo dia, no Terreiro do Paço em Lisboa,  uma exposição realizada em consórcio com os Centros Ciência Viva de Bragança, de Estremoz e de Proença a Nova: « Porque Somos, quem Somos?», o Museu da Aguarela Roque Gameiro, o Museu da Boneca, são desde já atractivos que o nosso concelho oferece para quem nos pretende visitar e que, em 2017 se juntará o Museu do Curtume, como corolário da afirmação do concelho de Alcanena como a Capital da Pele.

PUB
PUB
Fernanda Asseiceira
Presidente da Câmara Municipal de Alcanena

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).