Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Terça-feira, Outubro 19, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

VN Barquinha | Vespa asiática chegou ao concelho com ninho em Praia do Ribatejo

O primeiro ninho de vespa velutina, ou vespa asiática, foi encontrado na quinta-feira em Praia do Ribatejo, junto à foz do rio Zêzere, concelho de Vila Nova da Barquinha, na fronteira com o município de Constância, tendo a autarquia procedido à sua remoção através da contratação de uma entidade certificada para o efeito.

- Publicidade -

Fernando Freire, presidente da Câmara de Vila Nova da Barquinha, disse ao mediotejo.net que este foi o primeiro ninho encontrado no concelho, tendo destacado as “grandes dimensões” do mesmo e os cuidados de defesa e proteção tomados na remoção do ninho daquela espécie invasora.

“O ninho estava em cima de um pinheiro, a cerca de 15 metros de altura, e os trabalhos preparatórios para a intervenção decorreram cerca das 16:00 de quinta-feira, tendo o ninho sido removido com sucesso por volta das 19:00, já de noite, conforme indicam os manuais de procedimento relativamente à forma de lidar com a remoção dos ninhos desta vespa”, disse o autarca, responsável pela proteção civil municipal.

- Publicidade -

O acompanhamento do processo e as precauções tomadas para segurança dos intervenientes requereu “atenção especial, com a presença de ambulância do INEM, dos bombeiros, e com o afastamento dos populares num raio de 100 metros do ninho”, acrescentou Fernando Freire relativamente a um trabalho desenvolvido em estreita articulação com os Bombeiros Voluntários de Vila Nova da Barquinha e o Gabinete Técnico Florestal da autarquia.

O primeiro ninho de vespa velutina, ou vespa asiática, foi encontrado na quinta-feira em Praia do Ribatejo, junto à foz do rio Zêzere, concelho de Vila Nova da Barquinha. Foto: DR

“É um problema novo e preocupante”, disse ainda o autarca, que apelou a que qualquer avistamento de um ninho que possa parecer ser de vespa asiática seja imediatamente reportado às autoridades.

O comandante dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova da Barquinha, por sua vez, deu conta que a operação decorreu junto à foz do rio Zêzere, e que o trabalho de remoção do ninho, que disse ser de “grandes dimensões”, requereu a presença de viaturas dos bombeiros, ambulância, e também de uma embarcação, caso fosse necessário utilizar a via marítima para sair do local.

“O ninho foi retirado, acondicionado, e levado pela empresa encarregue do trabalho de remoção”, acrescentou, tendo apelado a que um avistamento requer um afastamento imediato das proximidades do ninho de vespa asiática, e o alerta às autoridades”.

“É ver e não mexer”, frisou, tendo feito notar que “um foco de luz apontado ao ninho durante a noite pode desencadear também um ataque defensivo por parte das vespas”.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome