Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sábado, Junho 12, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

VN Barquinha tem novo posto de carregamento de veículos elétricos junto à Escola D. Maria II

O concelho de Vila Nova da Barquinha desde 14 de maio um novo posto de carregamento para veículos elétricos à disponibilidade dos utilizadores junto à Escola D. Maria II. Esta é a segunda zona do território barquinhense onde é possível o carregamento de veículos elétricos, visto que desde 2018 está a funcionar um posto na Rua Marechal Carmona, junto à Igreja Matriz.

- Publicidade -

- Publicidade -

Com um carregamento entre 20 a 30 minutos e capacidade para dois veículos em simultâneo, o novo posto de carregamento de veículos elétricos junto à Escola D. Maria pode ser utilizado por utilizadores aderentes ao cartão MOBI.E, que dá acesso a todos os postos de carregamento da rede pública.

Recorde-se que a instalação de postos de carregamento para veículos elétricos surgiu na sequência do protocolo de colaboração institucional “Promoção da Mobilidade Elétrica na Região do Médio Tejo” celebrado entre a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT) e a MOBI.E (Mobilidade Elétrica) para a instalação de postos de carregamento de veículos elétricos nos municípios da CIMT.

- Publicidade -

Novo posto de carregamento de veículos elétricos situa-se junto à Escola D. Maria II. Foto: CM VNB

Aquando da instalação do primeiro posto no concelho, em 2018, a Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha criou também um Plano Municipal para a Mobilidade Elétrica, um documento que enquadra e programa as ações de promoção, incentivo e implementação da mobilidade elétrica no município, “em coerência com as orientações nacionais e no respeito das especificidades locais”.

No conjunto de medidas de incentivo previstas pelo plano, destacam-se a criação de estacionamentos dedicados para veículos elétricos e a adoção de veículos elétricos na renovação da frota municipal.

Abrantina mas orgulhosa da sua costela maçaense, rumou a Lisboa com o objetivo de se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

- Publicidade -
- Publicidade -

COMENTÁRIOS

Please enter your comment!
O seu nome