- Publicidade -

Sábado, Janeiro 22, 2022
- Publicidade -

VN Barquinha | Tancos recria entrega do Foral 500 anos depois (c/ fotogaleria)

As comemorações dos 500 anos do Foral à vila de Tancos, no concelho de Vila Nova da Barquinha, culminaram no domingo, dia 17, com a recriação da entrega simbólica desse documento pelo rei D. Manuel I ao representante local, no caso, o Presidente da Junta. A população local aderiu em massa ao espetáculo teatral, não só como atores ou figurantes, mas também para assistir à encenação.

- Publicidade -

Cerca de 150 pessoas acompanharam o espetáculo dividido em quatro atos em diferentes locais da vila. O Largo 1° de Maio foi o cenário do primeiro e segundo atos, a Igreja Matriz de Tancos do terceiro e o Largo do Chafariz do quarto.

O espetáculo “Entrega do Foral Manuelino” realizou-se exatamente 500 anos depois do dia histórico – 17 de setembro de 1517 – e envolveu as coletividades locais como o rancho folclórico e o grupo coral.

- Publicidade -

O próprio Presidente da Câmara, Fernando Freire, e o Presidente da Junta de Freguesia de Tancos, Miguel Homem, participaram na peça como atores. Além destes dois autarcas recandidatos pelo PS registou-se a participação da candidata da coligação PSD-CDS à Câmara, Cláudia Ferreira.

“O importante é envolver toda a gente”, realça o Presidente da Câmara rigorosamente vestido no papel de Cardeal.

- Publicidade -

O autarca destaca a importância histórica de uma das vilas mais antigas de Portugal localizada à beira do rio Tejo e a curta distância do castelo de Almourol.

Por aqui passavam estradas romanas, no séc. XII por volta de 1171 Gualdim Pais e as suas tropas construíram o castelo de Almourol e nos sécs. XVII e XVIII Tancos foi um importante entreposto comercial graças aos seus cais.

A comemoração dos 500 anos do Foral Manuelino começaram em agosto com atividades desenvolvidas pelas coletividades locais.

No domingo, o programa iniciou-se com o Grande Prémio Almourol em atletismo em que participaram 130 atletas. A inauguração da exposição “Memórias” na sede da Junta de Freguesia e a conferência “A história de Tancos” com Adriano Milho Cordeiro e Maria Antónia Coelho no Centro Cultural de Tancos completaram o programa.

A animação esteve a cargo do Grupo de Gaiteiros “Os Patos Bravos”, de Tomar.

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome