Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sexta-feira, Outubro 22, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

VN Barquinha | Requalificação da Praça da República adjudicada por quase 300 mil euros

A empreitada de requalificação da Praça da República, no coração de Vila Nova da Barquinha, foi adjudicada na reunião de Câmara do dia 14, por cerca de 297 mil euros, à empresa Valjardim – Construção e Manutenção de Espaços Verdes, Lda., de Valado dos Frades, na sequência de um concurso público.

- Publicidade -

O contrato carece ainda de visto do Tribunal de Contas pelo que ainda vão passar alguns meses até que comece a intervenção naquele espaço.

Praça da República em Vila Nova da Barquinha (Foto: mediotejo.net)

- Publicidade -

Cinco meses é o prazo previsto para esta obra que é financiada a 85 por cento por fundos comunitários, estando inserida numa ORU – Operação de Reabilitação Urbana.

O projeto assenta numa análise histórico-temporal e na sua evolução e preservação, valorizando-se o eixo monumental da praça, preservando a memória do lugar e do tempo. Com esta intervenção, a autarquia pretende também estimular a inclusão e acessibilidade através da demolição de barreiras arquitetónicas, o que, defende, “resultará numa melhoria de mobilidade de todos os cidadãos”.

O município entende que a Praça da República, onde se localiza a Câmara Municipal e os Serviços Camarários, deve funcionar como a praça de entrada na Vila, um cais onde se ancoram os equipamentos de serviço aos cidadãos, um lugar onde se pode ficar a apreciar a paisagem verde do Parque Linear, ou como ponto de passagem num circuito urbano desde o Parque para o interior da Vila, existindo um interesse em alargar esta intervenção para as ruas 5 de Outubro, Vasco da Gama, Pedro Álvares Cabral, do Marechal Carmona, de Angola, do Tejo e Largo de Santo António, uma extensão de área que ajudará, sublinha, a “estabelecer um desenho urbano contemporâneo, ainda que respeitador da história do lugar”.

Devido à forte insolação da Praça na zona mais a Sul (onde surge a nova esplanada), surgiu a necessidade de existência de sombreamento. Foram assim propostos os elementos de sombra, de aspeto linear e contemporâneo, cujo intuito será de unificar todas as esplanadas da Praça, mesmo que pertençam a atividades económicas diferentes.

O projeto de reabilitação da Rua da Misericórdia e zona envolvente em Vila Nova da Barquinha tem como objetivo principal a requalificação dos pavimentos deste espaço público, sugerindo um novo desenho para o fecho do quarteirão edificado.

Pretende-se também estimular a inclusão e acessibilidade através da demolição de barreiras arquitetónicas, numa lógica de melhoria de mobilidade de todos os cidadãos. Do ponto de vista da eficiência energética e sustentabilidade ambiental, será dado enfoque na utilização de iluminação LED, mantendo a intenção ecológica já demonstrada pela Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha.

“Com esta proposta de regeneração urbana, considera-se que o resultado é o de um espaço público agradável, contemporâneo e que permite a multiplicidade de usos”, defende a equipa de arquitetos.

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome