Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Agosto 1, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

VN Barquinha: Relatório de Contas de 2015 e novo Mapa de Pessoal aprovados (ATUALIZADA)

A sessão da Assembleia Municipal de Vila Nova da Barquinha realizou-se na passada sexta-feira, dia 29, e entre os diversos pontos da Ordem de Trabalhos destacaram-se a alteração ao Mapa de Pessoal e a aprovação do Relatório de Gestão e Prestação de Contas referentes às atividades financeiras de 2015.

- Publicidade -

- Publicidade -

O período de Antes da Ordem do Dia da sessão da Assembleia Municipal apenas foi agitado pelas críticas do Presidente da Assembleia Municipal, Rui Picciochi, à intervenção do deputado da CDU, David Valente, sobre o 25 de Abril, tema de uma das duas moções apresentadas pela bancada do PS.

Uma vez no Período da Ordem do Dia, foram discutidos e aprovados a desvinculação do município da Associação com Centro Histórico, a adesão a uma Zona de Intervenção Florestal (ZIF), o Regulamento do Conselho Municipal de Juventude e a eleição de João Machado, Presidente da Junta de Freguesia de Vila Nova da Barquinha, para representante das juntas de freguesia na Comissão Municipal de Proteção Civil.

- Publicidade -

Depressa se chegou aos dois últimos pontos da Ordem de Trabalhos, relativos ao Mapa de Pessoal e ao Relatório de Gestão e Prestação das contas municipais em 2015. A alteração do Mapa de Pessoal do município foi aprovada por maioria, estando prevista a criação de cinco postos de trabalho, três na categoria de assistente operacional e dois relacionados com a educação. Os primeiros implicam a abertura de concurso público e abrangem a área de pedreiro.

No que respeita ao exercício financeiro do ano passado, Fernando Freire salientou a redução da dívida a fornecedores em 33,24% e apontou os 55 dias no prazo dos pagamentos realizados pelo município, não existindo quaisquer atrasos neste momento. As despesas com pessoal também registaram uma descida próxima dos 7%.

O saldo de gerência para 2016 ronda os €348.000,00 e o presidente da autarquia destacou a redução da dívida municipal em 18,61%, cerca de €696.000,00. As taxas de execução da receita e da despesa situam-se nos 81% e nos 71%, respetivamente. Este ponto foi aprovado com a abstenção da bancada do PSD e o voto contra dos deputados da CDU.

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome