Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Setembro 19, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

VN Barquinha | Projeto “Experimenta + Ciência” desperta interesse dos mais novos e combate insucesso escolar

Desenvolvido junto do pré-escolar e 1º ciclo, na Escola Ciência Viva de Nova da Barquinha, o projeto “Experimenta + Ciência” é “uma aposta ganha” que o Município garante ser para continuar. Num estudo desenvolvido em parceria com a Universidade de Aveiro, no âmbito da monitorização das ações de combate ao insucesso escolar do PEDIME, é exaltada a mais-valia das experiências em laboratório para o interesse dos alunos e consequentes resultados nas disciplinas das ciências.

- Publicidade -

- Publicidade -

Chama-se “Experimenta + Ciência”, está inserido no âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Intermunicipal da Educação do Médio Tejo (PEDIME), da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, e consiste na ida semanal dos alunos do pré-escolar e do 1º Ciclo da Escola Ciência Viva de Vila Nova da Barquinha ao espaço CIEC – Centro Integrado de Educação em Ciências (inserido na referida escola).

Constituído por um laboratório de ciências equipado para o ensino formal nos primeiros anos de escolaridade e por um espaço de educação não formal aberto ao público, o CIEC recebe desde o ano letivo 2012/2013 o projeto que pretende despertar o gosto pelas ciências nos mais novos.

- Publicidade -

Inicialmente dirigido para alunos do 1.º Ciclo, o “Experimenta + Ciência” foi alargado ao ensino pré-escolar e é hoje referência na região, não só pelos recursos disponibilizados “acima da média regional” mas também pelos resultados obtidos a nível escolar pelos alunos que participam no projeto.

CIEC em Vila Nova da Barquinha (Foto: mediotejo.net)

É isso mesmo que diz um estudo realizado pelo Município de Vila Nova da Barquinha em parceria com a Associação para a Formação Profissional e Investigação da Universidade de Aveiro (UNAVE), no âmbito da monitorização das ações de combate ao insucesso escolar, inserida no PEDIME.

“Este foi um estudo que contemplou um período desde o ano letivo 2012/2013 até ao ano letivo 2020/2021 por forma a perceber qual o impacto que teve a criação da Escola Ciência Viva, nomeadamente a sua dinamização em torno do Centro Integrado de Educação e Ciências para os alunos desde o 1.º ano até ao Jardim de Infância”, explica Marina Honório, com o pelouro da Educação da Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha.

ÁUDIO | Marina Honório, vereadora da Educação na CM VN Barquinha

Também com o propósito de “verificar quais as consequências e a abrangência da implementação do projeto”, o estudo contou com a distribuição de questionários a alunos, encarregados de educação e docentes, tendo os resultados sido, diz a vereadora, “bastante satisfatórios”.

“O que se verificou é que o projeto ‘Experimenta + Ciência’ tem tido resultados benéficos para as crianças do concelho e com a tónica nas atividades experimentais das ciências desde a educação pré-escolar, esta é uma marca que devemos dar continuidade. É satisfatório verificar que quer os docentes quer os alunos reconhecem a importância deste projeto”, afirma Marina Honório, que destaca ainda a satisfação mostrada pelos pais dos alunos.

Para a vereadora, não há dúvidas de que este projeto da ida ao laboratório é “uma aposta ganha”, salientando “a média dos alunos em termos das disciplinas nas áreas das ciências face à media do Médio Tejo e nacional”.

“É uma aposta ganha, uma aposta para o futuro, um projeto que é para continuar”, afirmou ainda, dando conta de que o concelho está acima da média regional em termos “dos recursos que nos permitem desenvolver este projeto”.

Adjetivando o “Experimenta + Ciência” como um projeto “diferenciador” e promotor das competências dos alunos, Marina Honório defende que são iniciativas como estas que chamam os alunos para o ensino em Vila Nova da Barquinha. Aos jornalistas, a responsável anunciou inclusive que para o próximo ano letivo 2021/2022, são já 990 os alunos matriculados no concelho, número que representa uma subida face ao ano anterior e que chega perto da capacidade máxima do Agrupamento de Escolas.

ÁUDIO | Marina Honório, vereadora da Educação na CM VN Barquinha

A autarca sublinha ainda que se tem notado ao longo dos últimos anos letivos a contribuição do projeto em termos de combate ao insucesso escolar, estando previsto um estudo para o tema a nível regional.

ÁUDIO | Marina Honório, vereadora da Educação na CM VN Barquinha

O estudo sobre o projeto “Experimenta + Ciência”, que foi já presente ao Conselho Municipal de Educação de Vila Nova da Barquinha, coloca para o futuro o desafio à autarquia de transpor a aplicação deste método nas Ciências para o 2.º e 3-º ciclo, bem como para outras áreas de conhecimento. “É algo que já estamos a trabalhar”, admite a vereadora da Educação.

Abrantina mas orgulhosa da sua costela maçaense, rumou a Lisboa com o objetivo de se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome