Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Quinta-feira, Setembro 16, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

VN Barquinha | Presidente da Câmara dá as boas vindas ao novo Comandante do Regimento de Paraquedistas

Desde novembro que o Regimento de Paraquedistas, aquartelado no Polígono de Tancos, concelho de Vila Nova da Barquinha, tem novo Comandante. Numa sessão de boas vindas, o Coronel de Infantaria Paraquedista Paulo António Santos Cordeiro, foi recebido nos Paços do Concelho na quinta-feiram dia 12 de dezembro, pelo presidente da Câmara Municipal, Fernando Freire.

- Publicidade -

Residente em Vila Nova da Barquinha, Paulo Cordeiro deixou em outubro o cargo de Staff Officer (Land), no Joint Force Command Naples (JFCNP), em Nápoles, Itália, para agora assumir funções de comando naquela unidade militar.

Fernando Freire deu as boas vindas ao novo Comandante, salientando as boas relações de cooperação entre as duas entidades. Por seu lado, o novo Comandante do Regimento de Paraquedistas reiterou o contributo dos militares ao nosso concelho e anunciou que pretende incrementar uma maior relação com o Agrupamento de escolas.

- Publicidade -

Paulo António dos Santos Cordeiro nasceu em 5 de maio de 1965 na freguesia da Lapa, Lisboa. Ingressou na Academia Militar em 1985 e terminou a sua formação superior em Ciências Militares – Infantaria em 1990. Foi voluntário ao Corpo de Tropas Paraquedistas – CTP onde se apresentou em julho de 1990, integrando definitivamente os quadros do CTP em julho de 1991 após o ciclo de formação aeroterrestre e do tirocínio de boina.

Constituem missões principais do Regimento de Paraquedistas ministrar instrução de combate e qualificação paraquedista e aprontar um Batalhão Operacional Aeroterrestre.

 

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome