Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Outubro 19, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

VN Barquinha | Paraquedista morreu em despiste de mota

Um sargento-ajudante paraquedista na situação de reforma perdeu a vida na sequência de um despiste de mota no dia 1 de agosto, perto das 20 horas, junto ao campo de jogos de Atalaia, no concelho de Vila Nova da Barquinha.

- Publicidade -

A morte inesperada de Vítor Daniel Santos Costa, 51 anos, deixou em choque familiares, amigos e camaradas militares.

Segundo uma fonte do CDOS, o despiste registou-se na EN 110, logo a seguir ao viaduto da A23 e não envolveu outros veículos. O motociclista caiu para uma ribanceira tendo sido encontrado já em paragem cardiorrespiratória.

- Publicidade -

No local estiveram os Bombeiros de Vila Nova da Barquinha, a GNR, o INEM com a SIV (ambulância de Suporte Imediato de Vida) de Torres Novas e a VMER (Viatura Médica de Emergência e Reanimação) do Centro Hospital bem como a unidade de psicólogos.

O seu funeral realiza-se neste sábado, dia 4 de agosto, saindo da Capela Mortuária da Sagrada Família no Entroncamento pelas 17.15 horas, com destino à Igreja da Sagrada Família, onde são celebradas as respetivas cerimónias fúnebres pelas 17.30 horas, seguindo para o cemitério de Moita do Norte.

Segundo a agência funerária, está prevista a chegada do corpo à Capela Mortuária da Sagrada Família, pelas 12.30 horas de sábado, dia 4.

Nas redes sociais, os seus camaradas de armas descrevem Dany Costa, assim era tratado, como “um ser humano de exceção”, “grande profissional e o grande companheiro de missão” e “um Homem Bom, sempre disponível para ajudar, compreender, dar a mão a quem precisava”.

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome