Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Setembro 17, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

VN Barquinha | Órgãos sociais dos Bombeiros tomaram posse para triénio 2021-2023

Com os olhos postos numa estratégia de inovação, sustentabilidade, profissionalismo e equilíbrio financeiro, os corpos sociais da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova da Barquinha tomaram posse a 29 de abril para o triénio 2021-2023.

- Publicidade -

A tomada de posse dos órgãos sociais da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova da Barquinha aconteceu em sessão de Assembleia Geral, a 29 de abril, após a eleição da única lista candidata, a 22 de abril.

Para o triénio 2021-2023, continua à frente da direção da AHBV-VNB António Augusto Ribeiro, acompanhado por Filipe Tavares Morais como vice-presidente da direção e Manuel de Oliveira como tesoureiro. Ainda na direção, Maria Benedita Irra assume o lugar de primeira secretária, António Vitória Mação o lugar de segundo secretário, António Manuel Rodrigues e José Maria Calheiros Cunha como vogais e António José Falua da Costa e José Maria Esteves como suplentes.

- Publicidade -

Miguel Pombeiro continua à frente da mesa da Assembleia Geral como presidente, acompanhado por José Augusto Anacleto Pimenta como vice-presidente da mesa, Ilídio Filipe Carreira como secretário e Manuel Pedro da Silva como suplente.

Já o Conselho Fiscal é presidido por António da Silva Pereira, contando com Daniel Faustino Fernandes como secretário, Leonel Augusto Nunes como relator e João Manuel Gralha como suplente.

No momento de tomada de posse dos órgãos sociais da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova da Barquinha, em Assembleia Geral da associação, o presidente da direção, António Augusto Ribeiro, apresentou os objetivos e ações previstas para estes três anos, sublinhando que “a estratégia seguida pela direção terá sempre presente que se trata de uma associação de utilidade pública, sem fins lucrativos, de cariz humanitário e servida por voluntários”.

“A gestão será orientada pelo equilíbrio financeiro, inovação e sustentabilidade futura, sendo a ação e profissionalismo do corpo de Bombeiros Voluntários e da Banda de Música fundamentais para a prossecução e sucesso da missão e fins da associação”, é ainda referido na página dos Bombeiros Voluntários da Barquinha.

Após a tomada de posse, foi ainda aprovado por unanimidade o relatório de atividades e contas de gerência de 2020, bem como o plano anual de atividades para o presente ano, orçamento e quadro de pessoal. Atualmente, a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova da Barquinha conta com um corpo de bombeiros composto por 57 profissionais no ativo (21 funcionários da associação e 29 alunos e músicos da Banda de música).

No final do ano transato, a associação contava com 1851 sócios ativos, 3.942 missões efetuadas e 436.141Km percorridos. “Quanto ao exercício financeiro anual, merece referência o investimento de 83.392,52€ na aquisição de uma ambulância de socorro INEM nova, 90 painéis fotovoltaicos para fornecimento de energia e a aquisição de equipamentos para a operação dos Bombeiros mas também um resultado contabilístico positivo, apesar das restrições provocada pela pandemia COVID 19”, refere a AHBV-VNB em comunicado.

Abrantina mas orgulhosa da sua costela maçaense, rumou a Lisboa com o objetivo de se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome