VN Barquinha | Núcleo de árbitros de futebol assinala aniversário com jantar solidário

Núcleo de Árbitros do Ribatejo Norte assinala aniversário com jantar solidário. Foto: DR

O Núcleo de Árbitros do Ribatejo Norte, presidido desde há três meses por Ana Brites, a primeira mulher a presidir ao núcleo de árbitros, vai assinalar esta sexta-feira o seu 22º aniversário com um jantar solidário que vai decorrer em Atalaia, Vila Nova da Barquinha, com o objetivo de ajudar famílias carenciadas daquele concelho.

PUB
PUB

Nesse sentido, os participantes no evento festivo estão a ser convidados a doar bens de primeira necessidade, que serão posteriormente entregues a famílias identificadas como carenciadas e residentes em Vila Nova da Barquinha, uma iniciativa que marca o 22º aniversário do Núcleo de Árbitros de Futebol do Ribatejo Norte, que tem sede em Tomar.

Pela primeira vez na história da arbitragem na região do Ribatejo, uma mulher foi eleita presidente de um núcleo de árbitros, sendo Ana Brites, 32 anos, uma mulher com tradições familiares ligadas ao mundo da arbitragem e que andou também a apitar nos campos de futebol durante vários anos, a par do seu pai.

PUB
O Núcleo de Árbitros do Ribatejo Norte, presidido desde há três meses por Ana Brites, a primeira mulher a presidir ao núcleo de árbitros, vai assinalar esta sexta-feira o seu 22º aniversário com um jantar solidário que vai decorrer em Atalaia, Vila Nova da Barquinha. Foto: DR

Ana Brites, natural de Torres Novas, lembrou ao mediotejo.net um pouco do historial do Núcleo de árbitros do Ribatejo Norte.

“Com o objetivo de promover e desenvolver a arbitragem de Tomar, Rui Costa fundou hà 25 anos na sua cidade natal o Núcleo de Árbitros de Tomar que permitia aos árbitros de futebol residentes ou naturais de Tomar ter uma proximidade no acompanhamento das suas carreiras de árbitro. Na altura o projeto era aliciante e começou o Núcleo a ser frequentado assiduamente por árbitros de Concelhos adjacentes (Torres Novas, Entroncamento, Vila Nova da Barquinha, Ourém, Abrantes) o que levou a que volvidos três anos, em 21 de novembro de 1997, fosse fundado o Núcleo de Árbitros de Futebol do Ribatejo Norte (NAFRN)”, lembrou.

PUB

“A paixão à arbitragem era um dos pontos em comum, não só das direções que foram assumindo a responsabilidade de dinamizar o NAFRN, como também pelos árbitros que o frequentavam em que nomes como Manuel Faria, Carlos Estriga, André Gralha, Hugo Silva e Rui Inácio lideraram toda uma equipa focada no sucesso coletivo do NAFRN e no sucesso individual dos seus associados”, notou a dirigente.

No seguimento deste historial, no dia 23 agosto de 2019, num “sufrágio pacífico”, foi eleita uma nova lista para os Órgãos Sociais do NAFRN, liderada desta vez por Ana Brites.

Para este biénio, refere a direção que o “ser árbitro” assume características específicas inerentes ao desempenho de funções o que torna o recrutamento de jovens algo complexo por estes desconhecerem o quão gratificante a carreira de árbitro pode ser. E é neste ponto que o NAFRN incide um dos objetivos: acompanhar o processo de inscrição, esclarecer dúvidas e dar todo o acompanhamento possível a quem tome a corajosa e diferente decisão de “eu quero ser árbitro de futebol”. Vendo bem, todos os árbitros (de topo ou em ascensão) um dia tiveram essa tomada de decisão”, nota Ana Brites.

Pela primeira vez na história da arbitragem na região do Ribatejo, uma mulher foi eleita presidente de um núcleo de árbitros, sendo Ana Brites, 32 anos, uma mulher com tradições familiares ligadas ao mundo da arbitragem. Foto: facebook/Ana Brites

A proximidade aos árbitros e à comunidade em geral é outro dos objetivos do NAFRN, refletida de várias formas, como por exemplo na página de Instagram (@nucleo_ribatejo_norte) onde além da atividade normal do NAFRN, é feita na storie uma pergunta diária referente a Leis de Jogo e a resposta é dada também na storie no dia seguinte. De uma forma lúdica e descontraída para todos os que se interessem (árbitros ou não), estarem em permanente contacto com as Leis de Jogo, poder aprender ou esclarecer as questões técnicas de arbitragem.

A 1ª edição da Newsletter, por outro lado, foi lançada recentemente, vai ter edição periódica, e visa mostrar a toda a comunidade a atividade que os árbitros associados desenvolvem, assentando em dois pilares: recrutamento e proximidade. “Movidos pela paixão à arbitragem, com passos firmes, passos fortes iremos juntos rumo à prossecução do nosso objetivo: coesão e fortalecimento do grupo de árbitros que compõem o Ribatejo Norte”, conclui uma decidida Ana Brites.

Orgãos sociais do NAFRN para o biénio 2019-2021:

Direção:

Presidente – Ana Brites

Presidente Adjunto – Rui Inácio

Vice Presidente – André Gralha

Tesoureiro – João Brites Lopes

Secretária – Carolina Vieira

Vogais – Francisco Pereira e Pedro Serra

Suplentes – João Faria e Filipe Godinho

Conselho Fiscal:

Presidente: Carlos Estriga

Vice Presidente: Hugo Silva

Secretário: João Bento

Assembleia Geral:

Presidente: Rui Costa

Vice Presidente: Pedro Sousa

Secretário: João Damásio

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here