Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Setembro 26, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

VN Barquinha | Novo Banco instala terceiro espaço iNOVO a nível nacional no concelho

Vila Nova da Barquinha foi o terceiro local escolhido pelo NOVO BANCO para a instalação do espaço iNOVO, uma área inovadora em que é repensado o modelo de atendimento dos clientes, constituída por uma componente automática, com ATM, onde é possível fazer depósito de notas e cheques.

- Publicidade -

Em comunicado, o NOVO BANCO explana que o iNOVO é “um espaço diferente dos já distintos novos balcões, inserindo-se no repensar de todo o modelo de distribuição e na forma de servir os clientes, de acordo com aquelas que têm sido as expectativas e preferências dos mesmos”.

Constituído por uma área automática, onde se inclui uma ATM que permite depósitos de notas e cheques, o espaço tem ainda uma área de atendimento informal. O iNOVO é também apoiado por colaboradores de um balcão NOVO BANCO de proximidade.

- Publicidade -

“Todos os canais estão completamente interligados para proporcionar a melhor experiência ao cliente, o qual é soberano e escolhe a forma de interagir com o banco, seja através da app, do call center, deslocando-se ao balcão ou ao iNOVO”, refere a nota.

ATM, Vila Nova da Barquinha. Foto: CM VNB

Esta nova solução visa “promover o onboarding e ativação digital de novos e atuais clientes, bem como contribuir para a retenção dos mesmos”. Algumas das soluções digitais mais divulgadas são a NB smarter (nova app) e a possibilidade de abertura de conta online com recurso à videochamada.

Atualmente, o iNOVO tem a funcionar três espaços a nível nacional: Hospital de Santa Maria em Lisboa, Hospital de São João no Porto e Vila Nova da Barquinha, o primeiro a funcionar num formato de parceria.

Até ao final do ano, o NOVO BANCO prevê ter a funcionar entre sete a dez iNOVO’s em locais de grande tráfego e em áreas sem presença física, preferencialmente no interior do país.

Abrantina mas orgulhosa da sua costela maçaense, rumou a Lisboa com o objetivo de se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome