VN Barquinha | Município vai avançar com requalificação do Largo do Chafariz

A Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha pretende requalificar o Largo Infante Santo/Largo do Chafariz, de modo a facilitar o fluxo rodoviário mas tendo como prioridade a circulação de peões. Uma intervenção num dos eixos estratégicos de acesso à baixa da vila cujo estudo prévio foi aprovado pelo executivo municipal.

PUB

“O nosso objetivo é alargar a via no sentido de ser mais fácil o seu percurso normal em sede de fluxo rodoviário”, disse o presidente da Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha, Fernando Freire (PS), sublinhando, no entanto que “há ali muita gente a circular e o essencial é torna-la preferencialmente pedonal (…) privilegiando o peão, é esse o nosso objetivo”.

Largo Infante Santo | Largo do Chafariz, Vila Nova da Barquinha. Foto: mediotejo.net

PUB

Em declarações ao mediotejo.net, o autarca referiu que esta intervenção, numa “zona nevrálgica” da vila e onde se localizam diversos serviços como a Caixa Geral de Depósitos, mercearias, cafetarias e até a Igreja protestante, vai implicar também um “arranjo paisagístico do próprio largo, de maneira a que também possa ali ter mais espaço de estacionamento para as pessoas poderem estacionar os seus veículos”.

 

Para o efeito, a autarquia adquiriu dois edifícios na zona do largo que “limitam quer a subida quer a descida de automóveis”, com o intuito de os demolir, acabando com o “estrangulamento na via pública” existente.

A autarquia de VN Barquinha adquiriu dois edifícios antigos que vão ser eliminados para permitir uma melhor circulação automóvel na zona do largo do Chafariz. Foto: mediotejo.net

O estudo prévio deste projeto de requalificação do Largo Infante Santo foi aprovado pelo executivo municipal e inclui também alterações de trânsito.

Em reunião de Câmara, o vice-presidente da autarquia, Rui Constantino, partilhou o projeto com os vereadores, referindo a intenção de existir naquela zona uma “acalmia de trânsito”.

 

“A ideia é construir aqui uma zona de largo, abrir o largo, aproveitando a demolição [dos edifícios] e aproveitar para criar também algum estacionamento”, explicou o vereador que deu conta de que se propõe que nesta zona o pavimento seja diferenciado do restante “para ser perceber que esta é uma zona essencialmente pedonal”.

“O que isto obriga é a alterar aqui o trânsito”, referiu Rui Constantino, dando conta da existência de uma ilha que vai permitir que o trânsito flua de outra forma. “No que respeita ao desenho urbano a proposta é uma alteração nos sentidos de trânsito na R. de Alfredo Martinho da Fonseca que passa a ter apenas o sentido da subida da rua Gualdim Pais, passa a ter um só sentido descendente. A Travessa dos Descobrimentos passa a ter um sentido ascendente”, explicou o vereador.

O projeto de requalificação do Largo Infante Santo vai implicar alterações ao sentido do trânsito na zona. Foto: mediotejo.net

Também contemplada no estudo está a parte elétrica. O presidente do Município, Fernando Freire, elucidou que vai ser feito o enterramento de cabos aéreos e telecomunicações “desde a rua da Barca até à farmácia”, uma intervenção que vai também permitir tornar a vila “ainda mais bonita”.

PUB
Ana Rita Cristóvão
Quando era pequena, passava os dias no campo a fazer de conta que apresentava o telejornal. Rumou à capital para se formar em Jornalismo e foi aí que se apaixonou pela rádio. Gosta de abraços e passa horas a ouvir as histórias dos mais antigos. É fã de chocolate, caminhadas sem destino e praias fluviais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).