Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Setembro 24, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

VN Barquinha | Município renova sinalética turística e promocional

No ano em que o Castelo de Almourol assinala 850 anos de existência, a Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha encetou um trabalho de renovação da sinalética turística do concelho, concluído este mês de junho.

- Publicidade -

A intervenção consistiu no aproveitamento das estruturas já existentes, renovando a imagem, introduzindo novos conteúdos, nomeadamente informação bilingue, dado o crescente número de turistas estrangeiros a afluir ao concelho, assim como informação sobre as atrações turísticas mais recentes.

Em nota de imprensa, a autarquia dá conta que os novos suportes utilizam uma linguagem visual baseada na ilustração, em diversos formatos como mapas do concelho e do parque ribeirinho, painéis informativos, interpretativos e placas diversas. As principais portas de entrada no território, assim como os monumentos nacionais e pontos de interesse estão identificados com totens de grandes dimensões.

- Publicidade -

“A nova sinalética é o primeiro passo para a ativação da marca “Visit Barquinha” uma nova imagem para utilização no Marketing turístico do Município, quer em suportes físicos, quer eletrónicos. O Plano de Comunicação prevê a criação de um novo site agregador da informação turística do concelho (em desenvolvimento), a criação de conta oficial no Instagram e a reformulação dos grandes formatos (outdoors)”, informou a autarquia.

Segundo se pode ler na mesma informação, pretende-se uma “uniformização da imagem do Município no segmento do turismo”, para sinalização de atrações como o Castelo de Almourol, Igreja Matriz de Atalaia, Centro de Interpretação Templário, Parque de Escultura Contemporânea, Centro Integrado de Educação em Ciências (CIEC) e Trilho Panorâmico do Tejo, entre outros.

“É necessária uma estratégia de comunicação para relançar o turismo no período pós Covid-19. Trata-se de um sector económico vital para o país e para o concelho, cujo sucesso está dependente da qualidade da sua comunicação. A pandemia provocou prejuízos avultados na indústria turística, que importa recuperar, mantendo e criando postos de trabalho”, assinala o município.

O Plano Estratégico de Comunicação “Visit Barquinha”, desenvolvido pelo Gabinete de Informação e Relações Públicas da Câmara Municipal, pretende alavancar a economia com base numa forte aposta na dinamização da indústria do turismo, através da comunicação, com vista à criação de riqueza e de emprego, acrescenta, dando ainda conta que “a constante valorização do território permitirá um aumento da captação de novos visitantes, mas também moradores e investidores, reconhecendo Vila Nova da Barquinha como destino de excelência, com uma enorme diversidade de oferta turística”.

Em 2016 a Câmara Municipal foi responsável pela colocação de sinalização direcional dos equipamentos turístico-culturais, intervenção que foi reforçada em 2018 com a colocação de placas indicativas dos restaurantes e unidades de alojamento.

Em 2020 o Município implementou o sistema de sinalização do Caminho de Santiago no troço que atravessa o concelho de Vila Nova da Barquinha, intervenção desenvolvida no âmbito do projeto “Produtos Turísticos Integrados”, em parceria com a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo.

Em breve será também implementada a sinalética dos Caminhos de Fátima, deu conta a autarquia.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

1 COMENTÁRIO

  1. Com tanto onde gastar o dinheiro e andam a mudar placas…

    Temos aqui estradas que são uma vergonha, principalmente as estradas de terra camarárias onde temos uma perigosa mancha florestal e não conseguimos entrar.
    Ainda estamos á espera da ajuda do município para recuperar dos prejuízos causados no dia 19 de Novembro de 2019 pela tempestade Elsa, danos que podiam muito bem ter sido evitados se os responsáveis políticos fossem ao terreno ver as maravilhas de engenharia que mandam fazer lá de dentro dos gabinetes…

    Não se limitem a fazer, perguntem aos eleitores o que querem eles ver feito no município!

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome