PUB

VN Barquinha | Município encerra preventivamente equipamentos turísticos e culturais

O Município de Vila Nova da Barquinha vai encerrar ao público os equipamentos turísticos e culturais do concelho, no âmbito da renovação do estado de emergência que entrou em vigor às 00h00 desta terça-feira, 24 de novembro. A autarquia refere que o encerramento destes equipamentos decorre num âmbito “estritamente preventivo”.

PUB

Incluído na lista dos concelhos de risco elevado na renovação do estado de emergência em vigor a partir desta terça-feira, o município de Vila Nova da Barquinha está sujeito ao cumprimento de regras como a proibição de circulação na via pública entre as 23h00 e as 05h00, o uso obrigatório de máscara nos locais de trabalho, a fiscalização do cumprimento do teletrabalho obrigatório e o horário de encerramento dos estabelecimentos até às 22h00 (salvo restaurantes e equipamentos culturais, que podem ir até às 22h30).

No entanto, no que se refere aos equipamentos turísticos e culturais, a autarquia decidiu encerrar ao público o Castelo de Almourol, o Centro de Interpretação Templário de Almourol, a Galeria do Parque e o Posto de Turismo, num “esforço conjunto de contenção da propagação do Covid-19”. Uma medida de âmbito “estritamente preventivo”, elucida a autarquia barquinhense em comunicado, que explana que os respetivos equipamentos vão estar encerrados de 28 de novembro a 1 de dezembro e também de 5 a 8 de dezembro.

PUB

Além desta medida, no concelho de Vila Nova da Barquinha existem ainda, a par dos outros municípios de Portugal Continental no âmbito da renovação do estado de emergência, outras medidas como a proibição da circulação inter-concelhia nos seguintes períodos: entre as 23h00 de 27 de novembro e as 5h00 de 2 de dezembro, entre as 23h00 de 4 de dezembro e as 5h00 de 9 de dezembro; e também a tolerância de ponto e suspensão das atividades letivas nos dias 30 de novembro e 7 de dezembro.

Relativamente às medidas aplicadas no concelho de Vila Nova da Barquinha, a autarquia refere que as mesmas estão em “permanente avaliação, em estreita colaboração com as entidades competentes”, sendo qualquer alteração comunicada sempre que se justifique.

O Município relembra ainda que “o controle da pandemia depende de todos”, reiterando conselhos como “evitar os convívios, limitar os contactos ao agregado familiar, reduzir as deslocações ao essencial e cumprir a ‘regra dos cinco’ – distanciamento físico, lavagem frequente das mãos, uso obrigatório de máscara, etiqueta respiratória e instalar a App Stayaway COVID”.

PUB
PUB
Ana Rita Cristóvão
Quando era pequena, passava os dias no campo a fazer de conta que apresentava o telejornal. Rumou à capital para se formar em Jornalismo e foi aí que se apaixonou pela rádio. Gosta de abraços e passa horas a ouvir as histórias dos mais antigos. É fã de chocolate, caminhadas sem destino e praias fluviais.
PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).