Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sexta-feira, Maio 14, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

VN Barquinha | Município e Altice anunciam 90% de cobertura de fibra ótica no concelho ainda em 2021 (c/áudio)

É “um grande desafio” que pretende garantir aos cidadãos o acesso às “novas autoestradas da informação”. A Altice Portugal e o Município de Vila Nova da Barquinha assinaram na quarta-feira, 14 de abril, um protocolo de investimento em fibra ótica de nova geração no concelho. Com esta expansão, espera-se que até ao final do ano a fibra ótica atinja 90% do número de fogos habitacionais. Na cerimónia de assinatura do documento, o presidente da Câmara Municipal deixou ainda a preocupação relativa à fraca cobertura de rede móvel na zona norte do concelho.

- Publicidade -

- Publicidade -

Numa era em que “as tecnologias são as autoestradas do futuro” e em que a pandemia de Covid-19 veio incrementar um novo paradigma nas relações humanas e empresariais, o investimento em redes de comunicação de nova geração como a fibra ótica é, nas palavras do presidente da Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha, Fernando Freire, “crucial para o desenvolvimento da economia, da qualidade de vida, do bem-estar das populações e para o aumento da competitividade das nossas empresas”.

O protocolo entre o Município e a Altice Portugal tem como objetivos “a utilização mútua de condutas pertencentes a cada uma das partes, a redução e duplicação de infraestruturas e minimizar o volume de intervenções no subsolo do nosso concelho e possibilitar ao Município de Vila Nova da Barquinha utilizar a rede de condutas em todos os edifícios municipais de uma forma mais eficiente”, sublinhou Fernando Freire.

- Publicidade -

Uma parceria que o autarca considerou ser importante, numa altura em que se destaca no concelho a aposta na economia, nomeadamente através da criação do Ninho de Empresas e com a venda de todos os lotes da zona industrial.

Com este reforço da fibra ótica no concelho, a Altice Portugal pretende assegurar até ao final do ano de 2021 uma taxa de disponibilidade “igual ou superior a 90% do número de fogos do concelho”. “Um grande desafio”, admite o presidente da Câmara Municipal.

Áudio | Presidente da CM VN Barquinha, Fernando Freire

Um investimento que o Chief Technology Officer da Altice Portugal, João Teixeira, refere ser fundamental para a construção de um país a uma só velocidade. “A Altice acredita que não pode haver um Portugal a duas velocidades. (…) Tem de haver um Portugal a uma só velocidade e este investimento que estamos aqui a fazer espelha um bocadinho isso. As autoestradas da informação vão estar disponíveis para os cidadãos de Vila Nova da Barquinha e para o tecido empresarial”, disse.

“Nós não podemos investir só nos grandes centros urbanos. Acreditamos que temos que chegar a todo o lado e esta é uma das razões mais fortes para continuarmos a investir em Vila Nova da Barquinha”, reforçou, dando conta de que a através do investimento privado da Altice a fibra ótica já chega a 5.6 milhões de portugueses.

No entanto, no caso de Vila Nova da Barquinha, a fibra ótica ainda não é uma realidade para todos os cidadãos, facto que o autarca barquinhense destacou, apontando lacunas como em Tancos, nas Limeiras, em Cafuz e nos Matos. Já na Praia do Ribatejo, o edil explana que existe fibra ótica em estabelecimentos públicos como no espaço cidadão e na biblioteca, mas que é necessário expandir, numa lógica de “colmatar as lacunas e no sentido de servir todos em pé de igualdade”.

“Sabemos que não são zonas contínuas de densidade populacional mas importa não esquecer que estes munícipes que vivem em zonas de maior ruralidade também são cidadãos”, disse Fernando Freire na cerimónia de assinatura do protocolo com a Altice, com a esperança de que estas “zonas brancas” que existem em termos de comunicação no concelho sejam atenuadas “muito em breve”, de modo a “garantir o acesso às novas autoestradas da informação a todos, em condições de igualdade”.

Áudio | Presidente da CM VN Barquinha, Fernando Freire

Na ocasião, o autarca aproveitou para apelar também à possibilidade e estudo de ser criada uma nova antena para reforçar o sinal de rede móvel para as populações do norte da freguesia de Praia do Ribatejo, bem como Cafuz, Limeiras e Matos. Recordando que só no presente ano é que estas populações vão ter acesso a saneamento básico, o edil sublinhou a importância de se alcançar nestas zonas “uma boa cobertura com rede móvel”. “Importa garantir o princípio da igualdade e da proporcionalidade, para as populações afastadas da zona de maior densidade populacional”, vincou.

“Importa também chamar à colação que é necessário instalar fibra ótica mas também remover todos os fios que ficam pendentes, desvirtuando o conceito natural onde vivemos. Há sobrecarga de fios e quando se instala a fibra não há remoção desses fios, fica pertença de ninguém”, referiu ainda Fernando Freire.

A resposta chegou na hora, com João Teixeira, da Altice Portugal, a elucidar que tomou nota da existência de zonas brancas, elucidando no entanto que o investimento da Altice “é privado e, por muito que nós gostássemos chegar a todo o lado, às vezes não nos é possível”. Com isto, o responsável do pelouro das tecnologias da Altice Portugal explicou aos jornalistas que as populações das zonas mais rurais do concelho “vão ter que esperar um bocadinho mais”. “Vamos tentar olhar para esses casos específicos e chegar a todos eles”, acrescentou.

Já quanto à rede móvel, o responsável referiu a existência de um programa de expansão, deixando a esperança de virem a ser colmatadas essas lacunas e de um possível regresso a Vila Nova da Barquinha no próximo ano para firmar novos acordos.

Abrantina mas orgulhosa da sua costela maçaense, rumou a Lisboa com o objetivo de se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

- Publicidade -
- Publicidade -

COMENTÁRIOS

Please enter your comment!
O seu nome