- Publicidade -

VN Barquinha | Mais seis empresas instalam-se no espaço empresarial CAIS

Depois das primeiras quatro empresas confirmadas no dia 1 de setembro para instalação no espaço empresarial CAIS, em Vila Nova da Barquinha, decorreu no dia 21 de setembro a assinatura do contrato de instalação de mais seis empresas: Charlotte Isabel Branco Weiss (representada pela própria), ROOT4IT, LDA (representada por Luís Fernando Cabaceira de Sousa), Folium Proprium, Lda (representada por Pascal da Silva Nogueira e André das Neves Leal) e Procurement Concept Consulting, Lda (representada por Rui Pedro Ferreira).

- Publicidade -

- Publicidade -

A cerimónia teve lugar no Salão Nobre dos Paços do Concelho, sendo o Município de Vila Nova da Barquinha representado pelo presidente do executivo, Fernando Freire.

Após as assinaturas, seguiram-se autos de entrega de equipamentos e assinatura de documentos necessários para acesso ao CAIS – Espaço Empresarial, de acordo com o contrato estabelecido.

- Publicidade -

Refere a Câmara da Barquinha em nota de imprensa que o CAIS está muito perto de esgotar a sua ocupação, mas tem ainda disponíveis espaços para coworking e instalação virtual de empresas.

A inauguração está agendada para 1 de outubro.

Os empreendedores visitaram o espaço empresarial CAIS. Foto: CM VN Barquinha

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).