PUB

VN Barquinha | Grupo Folclórico “Os Pescadores de Tancos” vai ter núcleo museológico

A sede do Grupo Folclórico “Os Pescadores de Tancos” vai ter um novo espaço museológico. A associação prepara-se para entregar a candidatura para apoios comunitários no âmbito do PT2020 e caso a mesma seja aprovada, a intervenção no edifício incidirá na climatização com obras ao nível da cobertura do telhado, portas e substituição da iluminação existente por LEDs.

PUB

PUB

A aprovação por unanimidade pelo executivo municipal do ponto relativo ao projeto de reabilitação da sede do Grupo Folclórico “Os Pescadores de Tancos” na reunião desta quarta-feira, dia 11, prevê que o edifício sofra obras de intervenção num futuro próximo. A associação prepara-se para entregar a candidatura a apoios comunitários no âmbito do Portugal 2020, cujo aviso termina no próximo dia 21 de janeiro.

Segundo Cláudia Soares, presidente da Direção, as obras envolvem um investimento situado entre os seis e os sete mil euros e incidirão na climatização através de intervenções ao nível da cobertura do telhado, das portas e da substituição da iluminação existente por LEDs, permitindo a exposição de trajes antigos e fotografias na sala onde decorrem os ensaios.

PUB

Caso a candidatura seja aprovada, Cláudia Soares refere que fica resolvido o problema do “muito pó que cai” devido ao atual “teto aberto com telha”, assim como a possibilidade de serem realizadas iniciativas diferentes além daquelas com que “dinamizamos a nossa aldeia e a nossa sede”.

Entre os diversos eventos do calendário deste grupo etnográfico criado em 1981 e que, atualmente, é composto por cerca de seis dezenas de elementos encontra-se a participação em eventos a nível nacional e internacional, não deixando a presidente da Direção de salientar o apoio do município nas despesas de deslocação, nomeadamente no transporte.

Cláudia Soares destaca ainda os dois festivais de folclore organizados pela associação, por ocasião da Feira do Tejo (junho) e das Festas de Tancos (agosto), que todos os anos trazem ao concelho quase uma dezena de grupos do resto do país, contribuindo, diz, “para divulgar o folclore da nossa região”.

Questionada sobre o prazo previsto para o arranque das obras, uma vez concluído o processo de candidatura, a presidente da associação não avança datas, mas assegura que seria um “bom presente”, caso já tenham resposta positiva na altura do 36º aniversário, celebrado no próximo dia 13 de junho.

PUB
PUB
Sónia Leitão
Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).