- Publicidade -

VN Barquinha ganha apoio europeu para minimizar danos de incêndios

O município de Vila Nova da Barquinha anunciou a aprovação de uma candidatura de 315 mil euros a fundos europeus para minimizar danos dos incêndios ocorridos em 2015 naquele concelho do Médio Tejo, no distrito de Santarém.

- Publicidade -

- Publicidade -

Em nota de imprensa, a autarquia que o investimento total da operação é de 315.880,00€, sendo considerada elegível a despesa de 297.899,99 €, com 85% de comparticipação comunitária e 15% de comparticipação nacional, para uma operação que contempla medidas de controlo e mitigação dos efeitos da erosão, ações de prevenção da contaminação, assoreamento e recuperação de linhas controlo e mitigação de água, recuperação de caminhos e controlo de erosão, tratamento e proteção de encostas.

Os locais de intervenção integram ainda prédios rústicos, do domínio privado, localizados na freguesia da Praia do Ribatejo, concelho de Vila Nova da Barquinha, atingidos pelo incêndio florestal originário de Portela, concelho de Tomar, e que deflagrou no dia 7 de julho de 2015, abrangendo uma área de 236,49 hectares.

- Publicidade -

Incidindo os investimentos em prédios rústicos do domínio privado, o município de Vila Nova da Barquinha,  solicita aos  titulares, ou seus representantes, dos prédios rústicos abrangidos pela operação, e que ainda não o tenham efetuado, a comparência nos serviços municipais da Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha (Praça da República, 2260-411 Vila Nova da Barquinha), para se identificarem como tal, serem portadores do comprovativo de titularidade, através do artigo da matriz ou da descrição na Conservatória do registo Predial, e autorizarem a realização das intervenções em causa por parte do Município de Vila Nova da Barquinha.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- Publicidade -