VN Barquinha | Galeria do Parque acolhe exposição “As possibilidades de uma paisagem”

A Galeria do Parque, em Vila Nova da Barquinha, vai acolher a partir do próximo dia 6 de novembro e até 30 de janeiro de 2021 a exposição “As possibilidades de uma paisagem”, da artista Catarina Leitão. Uma mostra comissariada por João Pinharanda, no âmbito da parceria entre o Município com a Fundação EDP, onde os visitantes podem descobrir as diversas possibilidades de uma paisagem em obras que tornam artificial aquilo que é natural.

PUB

PUB

A exposição “As possibilidades de uma paisagem” vai ser inaugurada esta sexta-feira, dia 6 de novembro, no âmbito das comemorações dos 184 anos de elevação de Vila Nova da Barquinha a concelho. Um momento que vai poder ser acompanhado a partir das 17h00 em direto na página oficial do Município de Vila Nova da Barquinha na rede social Facebook.

Nesta mostra, a artista expõe as diversas possibilidades de uma paisagem, através da sua transformação em artificial daquilo que é natural, uma vez que os seus desenhos são “falsas imagens científicas de montanhas inexistentes” e que nas esculturas são usados materiais e técnicas industrias para “compor coleções de falsos elementos naturais”, como ramos, que podem ser combinados de forma livre.

PUB

Comissariada por João Pinharanda, no âmbito da parceria da Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha com a Fundação EDP, para a programação artística do Parque de Escultura Contemporânea Almourol, esta exposição que vai estar patente ao público, com entrada gratuita, até 30 de janeiro de 2021, mediante o cumprimento das normas de prevenção à covid-19 emanadas pelas autoridades de saúde.

A exposição, patente na Galeria do Parque (inserida no edifício dos Paços do Concelho de Vila Nova da Barquinha), pode ser visitada de terça a sexta-feira, entre as 11h00 e as 13h00 e das 15h00 às 18h00, e aos sábados, das 15h00 às 19h00.

PUB
PUB
Ana Rita Cristóvão
Quando era pequena, passava os dias no campo a fazer de conta que apresentava o telejornal. Rumou à capital para se formar em Jornalismo e foi aí que se apaixonou pela rádio. Gosta de abraços e passa horas a ouvir as histórias dos mais antigos. É fã de chocolate, caminhadas sem destino e praias fluviais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).