- Publicidade -

VN Barquinha: Rita Guerra encerra hoje Feira do Tejo

As festas de Vila Nova da Barquinha decorrem até ao dia de hoje, 13 de junho, e nos últimos dias tem mostrado o que de melhor tem e produz o povo barquinhense. Os espetáculos que integram o cartaz deste ano incluem a participação de Rita Guerra, hoje à noite, num espetáculo que assinala os 30 anos de carreira da artista e que promete fechar com chave de ouro as festas do município.

- Publicidade -

- Publicidade -

Rita Guerra vai atuar esta segunda-feira, dia 13 de junho, nas festas do concelho de Vila Nova da Barquinha, concerto que promete encerrar com chave de ouro a Feira do Tejo 2016, o maior evento anual no concelho. A cantora trará ao palco do Parque de Escultura Contemporânea Almourol alguns dos temas mais emblemáticos de uma carreira com mais de três décadas.

A estreia na música deu-se na adolescência, mas o sucesso que carateriza o percurso profissional de Rita Guerra, hoje com 48 anos, começou a delinear-se em 1989 com o convite para atuar diariamente no Casino Estoril e o lançamento do primeiro álbum de estúdio “Pormenores sem a mínima importância” (1990).

- Publicidade -

Nos anos que se seguiram conquistou o segundo lugar no Festival RTP da canção de 1992 com o tema “Meu Amor Inventado em Mim”, ao qual regressaria em 1993 a convite de Pedro Osório para interpretar clássicos das décadas anteriores. Esta seria a primeira das muitas colaborações que Rita Guerra teve com o maestro falecido em 2012, salientando-se os espetáculos “Quatro Caminhos” (1996), “POPera” (1999) e “Egoísta” (2002).

Nesse período, multiplicou-se em colaborações com algumas figuras proeminentes como Herman José, Janita Salomé ou Delfins e editou dois álbuns. Um em 1995, “Independence Days”, com temas originais em inglês e outro em conjunto com o cantor Beto intitulado “Desencontros”, no ano 2000. Em 2003 estava marcado o regresso aos concursos dedicados à canção ao representar Portugal no Festival da Eurovisão em que interpretou a letra criada por Paulo Martins para “Deixa-me Sonhar”.

Chegava então a época da consagração com a conquista da dupla platina pelo disco “Rita”, em 2005, e o concerto no Coliseu dos Recreios de Lisboa no ano seguinte acompanhado pela participação no álbum “Bring You Home” de Ronan Keating. A partir daí, Rita Guerra não parou e os marcos importantes da carreira foram-se sucedendo ano após ano, destacando-se a escolha da cantora pela comunidade portuguesa residente no estrangeiro como “Top International Female Singer 2009”, uma categoria do prémio “Top Choice Award”, e a atuação com Michael Bolton nas principais cidades do país, Lisboa e Porto, dois anos depois.

A inspiração manteve-se elevada e resultou em mais seis trabalhos discográficos, os álbuns “Sentimento” (2007), “O Melhor de Rita Guerra – Acústico ao Vivo” (2008), “Luar” (2010), “Retrato” (2011), “Volta” (2014) e o recente best of a que deu o nome de “No Meu Canto” (2015), título da obra biográfica publicada nesse ano.

Serão os temas destes e dos restantes álbuns que farão dueto com o rio Tejo já no próximo dia 13 de junho, quinto e último dia das festas de Vila Nova da Barquinha que este ano começaram a 9 e trouxeram ao concelho Fel (dia 9), D’Alva (dia 10), Cais Sodré Funk Connection (dia 11) e a Orquestra Ligeira do Exército (dia 12).

Programa completo de hoje, dia 13 de junho, Vila Nova da Barquinha

09h00 | Hastear da Bandeira – Paços Concelho

10h00 – 13h00 | Atelier “Viver uma experiência” (público-alvo: adultos) – CEAC

15h00 | Peddy-Paper Sénior seguido de Sessão de Relaxamento – Parque Ribeirinho (Org: Essência da Partilha, UCC Almourol, ACES Médio Tejo)

16h00 | Apresentação dos alunos da Escola de Música de Vila Nova da Barquinha – Palco Sto. António (Org: Quadras e Partituras-Associação Cultural)

18h30 | Missa em honra de St.º António, seguida de procissão – Igreja Matriz de Vila Nova da Barquinha

19h00 – 20h00 | Visita guiada ao Parque de Escultura Contemporânea Almourol) Concentração junto ao Centro Cultural – Parque Ribeirinho

21h00 | Danças de Salão – AquaPalco (Org: CUR)

22h30 | RITA GUERRA – 30 anos de carreira, Concerto Musical – Palco Principal

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- Publicidade -