VN Barquinha fecha Ciclo de Jazz com concerto de Joaquim Roberto/Organ Trio

O Ciclo Jazz Barquinha 2020 encerra este sábado, 14 de novembro, às 21:00, com a atuação de Joaquim Roberto / Organ Trio. A mistura do piano elétrico (Joaquim Roberto), da bateria (João Maneta) e da guitarra (Jorge Esperança) vão misturar-se nos temas originais deste grupo, com arranjos baseados nos clássicos do jazz, blues, funky e bossa nova.

PUB

PUB

O Ciclo Jazz Barquinha arrancou a 14 de outubro com Carlos Barretto (contrabaixo) e Mário Delgado (guitarra), numa série de espetáculos que tiveram continuidade no dia 31 de outubro com o Super Power Trio – Pedro Madaleno / Tributo a Ahmad Jamal, e que têm decorrido à porta fechada no Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha, com transmissão em direto no Facebook.

“De uma forma à distância”, conforme refere Marina Honório, vereadora da Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha com o pelouro da Cultura, um vez que, devido à restrições provocadas pela Covid-19, apenas vai ser possível assistir aos concertos através da transmissão online dos mesmos, na página de Facebook do Município.

PUB

O Ciclo Jazz Barquinha é uma iniciativa organizada pelo Clube de Instrução e Recreio (Ex-Tuna) de Moita do Norte e pelo município de Vila Nova da Barquinha, numa parceria que tem levado a população barquinhense até ao Centro Cultural. Exemplo disso foi na edição de 2019, em que, recorda a vereadora Marina Honório, “foi com muito gosto que vimos o auditório do Centro Cultural com uma grande adesão do público”.

Destacando a evolução da iniciativa ao longo dos últimos anos, a vereadora destaca que “faz todo o sentido continuarmos a promover a cultura, promover o Ciclo de Jazz e as parcerias que são bem sucedidas”.

PUB

Imagem: DR

PUB
Mário Rui Fonseca
A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).