Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Terça-feira, Agosto 3, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

VN Barquinha | “Empreendedorismo na Escola” chega ao fim em ambiente de festa

Cerca de 300 alunos esgotaram o auditório do Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha nesta sexta feira, dia 9, para a sessão de encerramento do Projeto Empreendedorismo na Escola, integrado no projeto de Inovação Pedagógica do Agrupamento de Escolas de Vila Nova da Barquinha.

- Publicidade -

- Publicidade -

E foi em ambiente de festa que decorreu a sessão com atuação do músico Ricardo Costa, que participou nos programas de televisão Ídolos e The Voice.

Fernando Freire, presidente da autarquia barquinhense, elogiou o trabalho desenvolvido pelos alunos falando em “projetos excelentes”. Realçou o lado solidário e de responsabilidade social das ideias de negócios e anunciou que vai receber os alunos do projeto vencedor do ano passado intitulado “Mentes Brilhantes”.

- Publicidade -

Tratou-se de uma sessão “de agradecimento público aos alunos pelo esforço, dedicação e empenho”, mas também extensivo aos pais, professores e parceiros, conforme explicou a coordenadora Ana Santos.

O objetivo do projeto EMPRE é “desenvolver as capacidades empreendedoras dos alunos” que têm de criar ideias de negócios ligados à arte e à ciência. Este ano, a atividade envolve cerca de 300 alunos do 3° ao 9° ano, num total de 13 projetos.

O Agrupamento de Escolas de Vila Nova da Barquinha venceu o prémio nacional do concurso de ideias através do projeto “Mentes Brilhantes”, baseado no turismo militar. O projeto vai concretizar-se em parceria com o Ministério da Defesa, Ministério da Educação e Universidade de Aveiro. O prémio pecuniário foi de 2.500 euros.

Alunos encheram o auditório da câmara de VN Barquinha (Foto: José Gaio)

Voltando aos discursos, referência para a intervenção do prof. Paulo Tavares, diretor do agrupamento que elogiou a participação dos alunos naquele que é o seu maior projeto.

Anunciou o apetrechamento da escola com novos computadores e tablets, que irão tornar o agrupamento num dos melhores parques escolares do país a nível tecnológico. Vai ser criada a “Sala do Futuro” com novos equipamentos que vai permitir aos alunos “caminhar para o sucesso, para a excelência”.

Participam no projeto alunos a partir do 3° ano (Foto: José Gaio)

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome

- Publicidade -