Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Segunda-feira, Novembro 29, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

VN Barquinha | Concurso para exploração do Bar do Cais de Tancos aberto até final do mês

Está aberto até ao dia 31 de maio o concurso público para a concessão de exploração do Bar do Cais de Tancos. Os interessados devem entregar as suas propostas em carta fechada e lacrada na Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha.

- Publicidade -

A abertura do concurso público para a exploração do Bar do Cais de Tancos foi aprovada por unanimidade em reunião de Câmara Municipal a 12 de maio, após o concurso anterior ter ficado deserto, devido à desistência do privado que ganhou o respetivo concurso por motivos inerentes à pandemia.

Em declarações ao mediotejo.net, o presidente do Município de Vila Nova da Barquinha referiu que o bar tem estado fechado, devido à situação de confinamento, mas que, com a reabertura do Castelo de Almourol e os visitantes a embarcar precisamente no cais de Tancos, importa disponibilizar, nomeadamente, saneamento.

- Publicidade -

Quer isto dizer que além da exploração do Bar do Cais de Tancos, do caderno de encargos do respetivo concurso público consta também a questão dos sanitários existentes na zona, que ficará a cargo do concessionário.

Em edital publicado a 15 de maio, assinado pelo presidente da Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha, é referido que o procedimento por ajuste direto para entrega de propostas decorre até às 17h00 do dia 31 de maio, devendo as mesmas ser entregues na Câmara Municipal, na Praça da República, 22600-411, em carta lacrada e fechada.

É também referido que o respetivo caderno de encargos está disponível para consulta na unidade jurídica de administração geral e recursos humanos do Município, nas horas de expediente (09h00-12h30 e 14h00-16h00), nos dias úteis.

Questionado pelo mediotejo.net sobre o ponto de situação da reabilitação do Cais de Tancos, cujo projeto de execução foi aprovado por unanimidade em reunião de Câmara a 13 de janeiro de 2021, Fernando Freire deu conta de que se continua a aguardar oportunidade de financiamento comunitário nesta intervenção que rondará os 700 mil euros e que prevê reabilitar o muro do cais, o reforço de fundações e preenchimento de fraturas, entre outros procedimentos.

“Estamos ainda a aguardar que a APA e o Ministério do Ambiente se cheguem à frente sobre o assunto”, disse o edil.

Abrantina mas orgulhosa da sua costela maçaense, rumou a Lisboa com o objetivo de se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome