Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Segunda-feira, Julho 26, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

VN Barquinha: Concelho celebra 180º aniversário com domingo recheado

O concelho de Vila Nova da Barquinha celebra o seu 180º aniversário no próximo dia 6 de novembro. Um domingo recheado de atividades para todos os gostos com cerimónias oficiais, bicicletas vintage, cicloturismo, literatura, cinema, música, desporto e atividades infantis.

- Publicidade -

- Publicidade -

O 180º aniversário da assinatura do decreto através do qual D. Maria II criou o concelho de Vila Nova da Barquinha é comemorado no próximo dia 6 de novembro com diversas atividades gratuitas. A Reforma realizada por Passos Manuel resultou, em 1836, na extinção dos concelhos de Atalaia, Paio de Pele e Tancos e, quase dois séculos volvidos, tem como consequência o programa que se inicia com o hastear da bandeira, às 9h30, nos Paços do Concelho.

Dez minutos depois começa o I Encontro de Bicicletas Vintage e é dada a partida para três passeios de cicloturismo (família, estrada e btt), organizados em conjunto com o Grupo de Cicloturismo Barquinhense. A última atividade tem um cariz solidário com o objetivo de apoiar os tratamentos da Beatriz Morgado, menina conhecida por Pipoca com paralisia cerebral e uma doença rara não diagnosticada.

- Publicidade -

A tarde começa com as atividades infantis no parque ribeirinho que decorrem entre as 14h00 e as 17h00. O público mais novo terá à sua espera insufláveis e ateliers infantis de pintura, modelação de balões, jogos tradicionais, fotografia e pinturas faciais. Os mais crescidos podem contar com slackline e zumba.

O Salão Nobre dos Paços do Concelho recebe uma Sessão Solene a partir das 15h00 durante a qual é lançado o livro “O último calafate da Barquinha, Memórias do Mestre José Marques”, de João Serrano, seguido da exibição de um documentário sobre o Castelo de Almourol. A vertente cultural continua no Centro Cultural uma hora mais tarde com as atuações da Banda de Música da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Nova da Barquinha e o concerto de jazz do Jorge Esperança Trio a partir das 17h30.

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here