- Publicidade -
Sexta-feira, Dezembro 3, 2021
- Publicidade -

VN Barquinha | Brigada de Reação Rápida realiza exercícios militares durante três dias

De 29 a 31 de julho, a Brigada de Reação Rápida, do Exército Português, vai realizar um exercício de aprontamento da Força de Reação Rápida da MINUSCA (United Nations Multidimensional Integrated Stabilization Mission in the Central African Republic) na área do município de Vila Nova da Barquinha.

- Publicidade -

Os exercícios militares vão decorrer em vários locais do concelho, em horário diurno e noturno, utilizando meios aéreos, simulações de ataques (com munições de salva), realização de reuniões em edifícios públicos, circulação de viaturas e ações de patrulhamento.

No perímetro do Campo de Futebol da Atalaia vai simular-se um Campo de Refugiados com utilização dos itinerários circundantes ao campo com viaturas e utilização e munições de salva (simulação de disparos).

- Publicidade -

No Campo de Futebol da Moita do Norte vai ser instalado um Hospital/ Centro de Saúde, mas neste caso não estão previstos disparos.

Durante três dias, no Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha vai simular-se uma Embaixada.

É em Tancos que acontecem os principais momentos do exercício. Na Zona Norte da freguesia está prevista a simulação de ataques a Organizações Não-Governamentais (ONG), com utilização dos itinerários circundantes com viaturas e utilização e munições de salva (simulação de disparos). Um helicóptero da Força Aérea Portuguesa vai aterrar no Campo de Futebol de Tancos.

A simulação de ataques a Instalações da Cruz Vermelha Portuguesa vai acontecer nas ruínas a Este da Pista de Aviação de Tancos, em cujo Polígono Militar se vai utilizar itinerários circundantes com viaturas e utilização e munições de salva (simulação de disparos).

Para as instalações Desportivas do CECUDE, na Praia do Ribatejo, está prevista a simulação de encontro com Responsável da Cruz Vermelha Portuguesa, enquanto o encontro com Representante de Organização de Refugiados vai decorrer nas ruínas do Lagar do Meio.

Em edital, o Município de Vila Nova da Barquinha, refere que “desde o planeamento inicial, foi dedicado um cuidado especial com o impacto do ruído e transtorno por ele causado às populações nas áreas de operações”.

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome