Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Segunda-feira, Outubro 25, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

VN Barquinha | Bombeiros ajudam parto na ambulância à entrada do IC3

Quando for crescido, Miguel Filipe vai ter uma história para contar. O bebé nasceu dentro de uma ambulância à entrada do IC3, logo após ao viaduto, no concelho de Vila Nova da Barquinha, numa prenda de Natal antecipada para os pais, um casal de Torres Novas.

- Publicidade -

Tudo começou na tarde do dia 20 de dezembro, quando os pais da criança, residentes no concelho de Torres Novas, andavam descontraidamente a passear de carro. Ao passar na zona entre o Entroncamento e Vila Nova da Barquinha, a mãe, com cerca de 20 anos, começa a ter fortes contrações e sinais de parto.

Eram 17:05 quando foi solicitado aos Bombeiros de Vila Nova da Barquinha, via CODU/INEM,  um pedido de emergência para socorro a um parto iminente. De imediato, foi acionada uma ambulância para o local. Quando chegaram, o subchefe Eduardo Teixeira e as bombeiras Joana Forinho e Anabela Rodrigues, constataram que a jovem mãe estava a entrar em trabalho de parto. Ainda passaram a informação da situação ao CODU a pedir ajuda diferenciada como manda o protocolo mas não foi necessária porque o parto desenrolou-se rapidamente, logo após a mudança da parturiente da sua viatura para a ambulância.

- Publicidade -

“Foi rapidíssimo”, conta o comandante da Corporação da Barquinha, orgulhoso com o trabalho feito pela sua equipa. Eram 17:28, quando nasceu a criança, o segundo filho do jovem casal torrejano, cuja identidade não foi possível apurar.

“O menino saiu perfeitinho… um homenzarrão” com 3,870 Kgs, revela Jorge Gama. O comandante relata que, assim que o bebé nasceu, chorou e teve logo ali os primeiros cuidados, para os quais os bombeiros estão devidamente formados. Depois, disso, a parturiente foi encaminhada para a Maternidade de Abrantes do Centro Hospitalar do Médio Tejo.

“São momentos como este que fazem valer a pena o nosso trabalho, com todos os sacrifícios inerentes”, afirma o comandante Jorge Gama, dando os parabéns “pelo excelente trabalho da equipa que a todos deixa orgulhosos”.

Um Natal antecipado para o jovem casal de Torres Novas, a quem o jornal mediotejo.net deseja as maiores felicidades para esta etapa das suas vidas.

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome