PUB

VN Barquinha | Assembleia Municipal aprova votos de pesar pela morte de dois antigos autarcas

A Assembleia Municipal de Vila Nova da Barquinha aprovou por unanimidade, na sessão do dia 24, votos de pesar pelo falecimento de dois ex-autarcas: o antigo Presidente da Câmara, Luís Moreira, e o antigo Presidente da Junta de Freguesia de Moita do Norte, Albertino Condeço.

PUB

PUB

Luís António Rego da Silva Moreira, ex-presidente da Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha (1974/1979). Foto: DR

Luís António Rego da Silva Moreira foi o primeiro Presidente da Câmara Municipal pós 25 de Abril, em resultado das primeiras eleições democráticas para o poder local, em 12 de dezembro de 1976, depois de ter presidido à Comissão Administrativa de Vila Nova da Barquinha, por escolha dos seus conterrâneos, tendo sido nomeado em 19 de novembro de 1974.

PUB

Eleito pelo Partido Socialista, exerceu o cargo até 16 de dezembro de 1979. Nessa data foi eleito Presidente da Assembleia Municipal e em 1982 foi eleito Vereador. Na sua vida profissional, foi gerente comercial da Escola de Condução Central da Barquinha.

No dia 6 de novembro de 1996, data em que o Município assinalou o seu 160.º aniversário, foi agraciado com a Medalha de Honra do Município, tendo na altura sido realçada “a forma ponderada e dialogante com que exerceu os cargos políticos, bem como a sua incomensurável vontade de ajudar o seu semelhante”.

Albertino Alves Condeço foi Presidente da Junta de Freguesia da Moita do Norte, de 3 1de dezembro de 1993 a 4 de janeiro de 1998. Foto: DR

Albertino Alves Condeço foi Presidente da Junta de Freguesia da Moita do Norte, de 3 1de dezembro de 1993 a 4 de janeiro de 1998, e membro da Assembleia de Freguesia, assim como, por inerência, membro da Assembleia Municipal de Vila Nova da Barquinha.

Nasceu a 29 de maio de 1934, foi Sargento da Força Aérea, Mecânico de Material Aéreo, e encontrava-se na situação de reforma. Foi presidente do Grupo Desportivo de Moita do Norte.

Em 9 de junho de 2012 foi agraciado com a Medalha de Municipal de Mérito — Prata, tendo na altura sido realçada “que em todas as funções públicas que desempenhou, fê-lo com grande envolvimento, disponibilidade, dedicação, empenho e de forma desprendida pelo que merece ser objeto de justa distinção pelo contributo dado no campo social, associativo e comunitário”.

Foi com “um sentimento de profundo pesar” que a Assembleia Municipal assinalou o falecimento dos dois antigos autarcas, manifestando à família e amigos “o mais sentido pesar pelo seu desaparecimento”.

PUB
PUB
José Gaio
Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).