Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Outubro 26, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

VN Barquinha | Assembleia aprova voto de pesar pelo falecimento de antigo autarca

A Assembleia Municipal de Vila Nova da Barquinha aprovou por unanimidade um voto de pesar e fez um minuto de silencio pelo falecimento de José Lopes Pereira Mirrado, antigo Presidente da Junta falecido no dia 29 de janeiro. A proposta partiu do atual Presidente da Junta de Freguesia de Vila Nova da Barquinha, João Machado, e foi aprovada na sessão do dia 28 de fevereiro.

- Publicidade -

José Mirrado faleceu no dia 29 de janeiro, com 70 anos de idade. O antigo autarca nasceu em Gavião, a 29 de abril de 1949, e residia no Entroncamento. Exerceu o cargo de presidente da Junta de Freguesia de Vila Nova da Barquinha de 1989 a 1993, tendo exercido também funções de Secretário na mesma autarquia de 1993 a 1997.

Fez carreira profissional na EMEF – Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário, no Entroncamento, cidade onde residiu nos últimos anos.

- Publicidade -

Pai de duas filhas, viveu em Vila Nova da Barquinha por um largo período e era um apaixonado por fotografia, hobi pelo qual também era conhecido.

O funeral realizou-se na manhã do dia 31 de janeiro na Igreja da Sagrada Família (Entroncamento), seguindo depois para o cemitério de Moita do Norte (Vila Nova da Barquinha), onde foi sepultado.

“Em sua memória e homenagem”, a Assembleia Municipal aprovou “manifestar o seu profundo pesar” pelo falecimento do antigo autarca.

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome