- Publicidade -

VN Barquinha | Agrupamento e Município disponibilizam computadores para ensino online (C/ÁUDIO)

No âmbito do regresso ao ensino online esta segunda-feira, o Agrupamento de Escolas de Vila Nova da Barquinha tem vindo a preparar o início do segundo semestre, nomeadamente com a definição de um plano que permita aos alunos continuar a aprender e em segurança. Ao mediotejo.net, a vereadora da Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha, Marina Honório, revela que já foram cedidos a título de empréstimo 21 computadores a alunos do concelho mas existem outras respostas preparadas neste regresso às aulas à distância.

- Publicidade -

- Publicidade -

Já aquando do anúncio do Governo sobre o regresso às aulas à distância, a 28 de janeiro, a adjunta do diretor do Agrupamento de Escolas de Vila Nova da Barquinha, Ana Santos, avançava ao mediotejo.net que estavam preparados para tal, com a programação de “um conjunto de situações que vão dar resposta a todos os alunos”.

Na quinta-feira, 4 de fevereiro, foi apresentado em Conselho Geral o plano do Agrupamento de Escolas de Vila Nova da Barquinha para o arranque das aulas online e o mediotejo.net fez o ponto de situação deste arranque escolar com a vereadora com o pelouro da Educação na Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha, Marina Honório.

- Publicidade -

“Até ao momento foram cedidos a título de empréstimo 21 computadores – do Agrupamento e do Município – e também já tinham sido entregues pelo Agrupamento no âmbito do programa ‘Escola Digital’ 19 computadores aos alunos do escalão A do ensino secundário”, explanou a vereadora.

Referindo que ainda não chegou a totalidade dos computadores ao Agrupamento no âmbito do programa “Escola Digital”, do Ministério da Educação, e como a autarquia “também não tem computadores de forma ilimitada para entrega”, a vereadora explica que a distribuição dos equipamentos informáticos aos alunos é analisada pelo Agrupamento. “Os pedidos chegam ao Agrupamento de Escolas e essa análise depois é feita tendo em conta a situação de carência e de necessidade, uma vez que os recursos são escassos”, admite.

Não obstante, Marina Honório explica que existem outras soluções e metodologias além do empréstimo de computadores aluno a aluno e que vão garantir o acesso à aprendizagem em segurança, “nomeadamente, através da entrega de materiais de acompanhamento ao estudo e dos planos semanais em suporte físico aos alunos (…) que depois são entregues ao respetivo docente para análise”.

Do plano do Agrupamento de Escolas de Vila Nova da Barquinha para o arranque das aulas online consta também a disponibilização de “uma sala de apoio, a sala de informática preparada para quem não tiver condições em casa, que também pode receber alunos”. A funcionar na Escola D. Maria II, a vereadora da Educação do Município de Vila Nova da Barquinha assegura que o espaço permitirá “acolher alunos em segurança, permitindo-lhes terem um acesso e o acompanhamento nas aulas síncronas”.

Áudio | Vereadora da Educação do Município de VN Barquinha, Marina Honório, em declarações ao mediotejo.net:

Identificada também a necessidade por parte de docentes em termos de acesso a equipamentos informáticos, o Agrupamento de Escolas tem ainda a funcionar na escola D. Maria II “uma sala onde os docentes poderão a partir daí fazer as suas aulas síncronas”.

E
Escola D. Maria II, escola sede do Agrupamento de Escolas de Vila Nova da Barquinha. Foto: mediotejo.net

Com programas de apoio “não só no estudo mas também em todos os suportes que os alunos necessitarem para a realização das suas tarefas”, neste regresso às aulas à distância o Município e o Agrupamento de Escolas contam ainda com a colaboração direta da associação CIEC e da Associação de Pais da Escola Ciência Viva, “através da disponibilização de recursos online, nomeadamente, a questão das atividades extracurriculares. E no pré-escolar vamos manter também, partilhando com as senhoras educadoras que fazem depois chegar aos encarregados de educação, os vídeos das aulas de psicomotricidade”, elucida Marina Honório ao nosso jornal.

De referir também que o Município, através da Biblioteca Municipal, lançou também um programa que, de forma gratuita, leva livros e documentos da Rede de Bibliotecas de Vila Nova da Barquinha até ao domicílio dos alunos.

Recorde-se ainda que no Município de Vila Nova da Barquinha está em funcionamento a escola de acolhimento, no Jardim de Infância de Vila Nova da Barquinha, das 07h45 às 18h30, contando com supervisão educativa e pedagógica por parte de um docente entre as 09h30 e as 16h30.

Quanto às refeições escolares, são asseguradas presencialmente para os alunos beneficiários de apoio social na escola EB 2,3 + S D. Maria II, na Escola Ciência Viva, no Jardim-de-infância de Atalaia, no Jardim-de-infância de Moita do Norte, no Jardim-de-infância de Praia do Ribatejo e no Jardim-de-infância de Tancos.

Abrantina mas orgulhosa da sua costela maçaense, rumou à capital com o objetivo de se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).