- Publicidade -

VN Barquinha | II Conferência Internacional sobre Templários decorre online

Depois do sucesso da 1ª conferência internacional sobre “Ordem do Templo – Cavalaria Espiritual – Templarismo”, realizada em outubro de 2019 em Vila Nova da Barquinha, o município anunciou para dia 13 de outubro o arranque da II Conferência Internacional, com evocação do 13 de outubro de 1307, data relevante para a história templária, um evento que vai decorrer este ano pela internet através das plataformas digitais.

- Publicidade -

- Publicidade -

Numa reunião realizada em agosto na Câmara de Vila Nova da Barquinha com a presença de autarcas e representantes das organizações templárias envolvidas, ficou decidido que haveria uma sessão de abertura no dia 13 de outubro para um número limitado de convidados, altura em que seria inaugurada uma nova exposição no Centro de Interpretação Templário, ao que se seguiria a conferência presencial a 17 e 18 de outubro, no auditório do Centro Cultural.

Entretanto, e devido à atual situação pandémica, a organização decidiu ajustar o formato da II Conferência Internacional Templária, passando a mesma a realizar-se online, com as publicações de cada palestrante a decorrerem na internet a partir do dia 13 de outubro e até ao mês de novembro, altura em que será inaugurada uma nova exposição no Centro de Interpretação Templário.

- Publicidade -

Em 2019, recorde-se, reuniram-se naquela vila ribeirinha, de 11 a 13 de outubro, os maiores especialistas mundiais na temática Templária, com oradores oriundos de França, Itália, Espanha, Estados Unidos e Portugal.

O evento serviu para unir as duas principais organizações mundiais de Templários, a Ordo Supremus Militaris Templi Hierosolimitani Universalis (OSMTHU) e a Ordre Sovereign et Militaiire du Temple de Jerusalem (OSMTJ), que ali assumiram o compromisso de trabalhar em conjunto no plano cultural, usando o Centro de Interpretação Templário (CITA) da Barquinha como “lugar de estudo, discussão e partilha de conhecimentos”.

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- Publicidade -