Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Agosto 4, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Vila Nova da Barquinha: Galeria do Parque de Escultura Contemporânea Almourol recebe “Manual de Conversação”

Até 31 de Janeiro de 2016 pode visitar a exposição “Manual de Conversação (Revisto e Aumentado)” do pintor e ilustrador Henrique Ruivo, em Vila Nova da Barquinha.

- Publicidade -

- Publicidade -

“Trabalhando a partir de jogos didáticos para adolescentes constituídos por folhas de recorte e colagem ou outros suportes figurativos (muitas vezes aproveitando obra própria original ou reproduzida) e pequenas legendas, Henrique Ruivo apresenta nesta exposição uma série de obras que contraria o enunciado do seu título: temos um “Manual de Conversação” que apenas desconversa”, pode ler-se na nota de imprensa.

Esta exposição, que é comissariada por João Pinharanda (Fundação EDP), esteve patente no Museu da Eletricidade entre 10 de abril e 14 de junho de 2015.

- Publicidade -

Nascido em Borba, em 1935, Henrique Ruivo é pintor, ilustrador, cenógrafo. Esta exposição revela um conjunto de duas dezenas de “caixas surrealistas” (Manual de Conversação, 2005-2007) inéditas. Ruivo tem um trabalho invulgar no contexto nacional, marcado por uma dominante vontade narrativa onde impera o humor, o confessionalismo irónico e o comentário crítico ao meio artístico, social e político.

A Fundação EDP é consultora artística, comissária (através de João Pinharanda) e mecenas do Parque de Escultura Contemporânea Almourol, em Vila Nova da Barquinha, que reúne obras de Alberto Carneiro, Ângela Ferreira, Carlos Nogueira, Cristina Ataíde, Fernanda Fragateiro, Joana Vasconcelos, José Pedro Croft, Pedro Cabrita Reis, Rui Chafes, Xana e Zulmiro de Carvalho.

A exposição, com entrada gratuita, pode ser visitada às quartas, quintas e sextas-feiras, das 11h às 13h e das 14h às 18h. Aos sábados e domingos, estará aberta das 14h às 19h.

Entrou no mundo do jornalismo há cerca de 13 anos pelo gosto de informar o público sobre o que acontece e dar a conhecer histórias e projetos interessantes. Acredita numa sociedade informada e com valores. Tem 35 anos, já plantou uma árvore e tem três filhos. Só lhe falta escrever um livro.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome