Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Segunda-feira, Junho 14, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Vila de Rei | Workshop ensina a construir armadilhas para vespa asiática

O Município de Vila de Rei vai organizar, no dia 5 de maio, um workshop que ensina a construir a armadilha para vespa asiática, ou velutina, numa ação que é destinada à população vilarregense, com intuito de sensibilizar e dar competências à comunidade para cooperar na luta contra a praga que a vespa asiática constitui, estancando a sua proliferação. A participação é gratuita mas limitada, carecendo de inscrição prévia obrigatória.

- Publicidade -

Esta ação vai decorrer no Auditório Municipal de Vila de Rei, a partir das 10h00, com um programa que inclui a sessão de abertura, pelo presidente da Câmara, Ricardo Aires, explicações sobre a atuação da Proteção Civil de Vila de Rei no combate à vespa asiática e uma oficina para a construção das armadilhas.

Segundo a autarquia, a participação no workshop é gratuita, mas limitada aos lugares disponíveis e carece de inscrição obrigatória.

- Publicidade -

Todos os interessados devem efetuar inscrição através do endereço de correio eletrónico ambiente@cm-viladerei.pt ou através do número 274 890 010, indicando o seu nome e contacto telefónico.

“A vespa asiática tem-se propagado pelo nosso país, sendo uma espécie invasora que constitui uma preocupação séria devido à sua ação predadora que põe em perigo as abelhas autóctones. Este inseto é ligeiramente mais pequeno que a vespa europeia, com as rainhas a medirem cerca de 30 mm, os machos 24 mm e as obreiras 20 mm. Apresenta patas amarelas, tórax castanho ou preto e abdómen castanho. A cabeça é preta e face amarela”, relembra a autarquia em nota de imprensa.

O Município aproveita para apelar à comunidade para que se mantenha atenta a esta situação e que, em caso deteção ou suspeita da existência destes ninhos, entrem em contacto com a Proteção Civil de Vila de Rei (912 263 895) ou com os serviços camarários (274 890 010).

“Uma das preocupações a ter é não mexer nos ninhos, devido a eventuais ataques por parte destes insetos”, alerta o município.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

COMENTÁRIOS

Please enter your comment!
O seu nome