Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Segunda-feira, Outubro 18, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Vila de Rei | Visitas de proximidade com balanço positivo

A iniciativa “Visitas de proximidade”, promovida pela equipa do CLDS 3G e pelo Município de Vila de Rei, com a colaboração das diversas associações culturais e recreativas do concelho, tem levado mensalmente vários técnicos junto das populações das várias aldeias do concelho, numa iniciativa que pretende combater o isolamento, segregação social e infoexclusão.

- Publicidade -

Em nota de imprensa, a autarquia faz notar que, em balanço desta iniciativa, “os responsáveis pelas visitas destacam o sucesso das mesmas, ao proporcionarem um espaço de discussão e de reflexão mas, simultaneamente, um local de convívio entre os habitantes das aldeias do concelho”, fazendo ainda notar que “o feedback dos presidentes das associações [onde se têm realizado as sessões] tem igualmente sido bastante elogioso”.

Os técnicos que visitam as aldeias durante as “Visitas de Proximidade”, percorrem desde São João do Peso, Fundada, Milreu, Brejo Fundeiro, Vilar do Ruivo, Estevais, Borda da Ribeira, Casais de Baixo, Vale da Urra e Aivado, acertando numa média de cerca de 90 rastreios de saúde mensais.

- Publicidade -

Ao longo deste ano, as “Visitas de Proximidade” abordaram temas como as “Relações Humanas e Redes de Vizinhança”, “Complemento Solidário para Idosos, Cartões Etários e Loja Social”, “Reciclagem, Limpeza de Matas e Florestas”, “Julgados de Paz, Recenseamento e Participação Cívica”, “Regulamento de Casas Degradadas e outros apoios Municipais” e “Burlas, Segurança e Proteção de Pessoas e Bens”.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome