Vila de Rei | Verão sem festas populares, mas com praias fluviais a partir de julho

Praia fluvial do Penedo Furado. Foto: mediotejo.net

A cumprir o calendário de desconfinamento imposto pelo Governo, e mediante as diretrizes da Direção-Geral de Saúde, o concelho de Vila de Rei cancelou todos os eventos públicos no concelho até dia 30 de setembro, e deliberou ainda não licenciar/autorizar festas e festejos populares até à mesma data, evitando aglomerados e cumprindo com as medidas de distanciamento social. Por outro lado, o município anunciou que a época balnear nas praias fluviais do concelho arranca a 1 de julho, apelando aos banhistas que respeitem as medidas de segurança, nomeadamente o distanciamento físico entre pessoas e entre chapéus de sol. Numa primeira fase apenas as praias do Penedo Furado, Fernandaires e Pego das Cancelas estarão abertas, uma vez que a do Bostelim se encontra em obras de requalificação mais profundas, após estragos causados pela tempestade Elsa.

PUB

Quanto às tradicionais festas de verão e festejos populares, Ricardo Aires indicou que ficou decidido em reunião da Comissão Municipal de Proteção Civil “não atribuir licenças” e como tal, nenhuma associação ou coletividade poderá fazer festas até dia 30 de setembro, ou até o Governo deliberar algo que leve à reavaliação da medida.

O tema surgiu após a aprovação de um subsídio de 5000 euros à Junta de Freguesia de Fundada, para conclusão de obras de uma estrutura metálica de cobertura de um estacionamento na aldeia de Silveira, que também serve como infraestrutura das festas locais.

PUB

Em declarações ao mediotejo.net, o presidente da Câmara Municipal, Ricardo Aires, já havia dado conta, na reunião de dia 15 de maio, que a época balnear só iniciaria a 1 de julho, até para que terminem as obras de requalificação nas praias fluviais do Penedo Furado e do Bostelim, que tiveram grandes prejuízos após a tempestade Elsa, em dezembro de 2019.

Apesar de o verão já estar em parte hipotecado, cancelando festas e atividades tradicionais e de convívio, tal não se aplica ao usufruto das praias fluviais e zonas balneares do concelho, que permitem que os banhistas possam aceder aos espaços a partir de 1 de julho com as devidas medidas de segurança.

PUB

O presidente da Câmara de Vila de Rei demonstrou “muita preocupação” no que toca à gestão destes equipamentos num período de pandemia e num verão que será atípico e cheio de condicionantes e restrições. Ricardo Aires referiu que o município irá adaptar o guião disponibilizado com medidas de segurança e restrições que devem ser tidas em conta para frequentar as praias fluviais, temendo que muitas das medidas são impossíveis de implementar no terreno, nomeadamente quanto à gestão da lotação daqueles espaços.

“Estamos a estudar o guião para ver o que é exequível para as nossas praias fluviais, e aquilo que vamos tentar fazer é cumprir o que está definido”, disse.

Pego das Cancelas, a praia fluvial mais selvagem do concelho, será uma das opções para os banhistas que pretendam usufruir do verão na região do Médio Tejo. Foto: mediotejo.net

Ainda assim, a autarquia garante que no arranque da época balnear, a 1 de julho, todas as suas infraestruturas de apoio estarão prontas para acolher os visitantes nas praias fluviais do Penedo Furado, Fernandaires e Pego das Cancelas.

“Para além de bares de apoio, os visitantes vão ainda encontrar balneários e zonas de estacionamento fácil em todas as praias fluviais do concelho, sendo que todas estas áreas se encontram vigiadas por nadadores salvadores, salvaguardando toda a segurança dos seus visitantes”, pode ler-se em informação da CM Vila de Rei.

Para preparar a nova época balnear vão ser realizadas obras de manutenção, pequenos arranjos e gestão do espaço envolvente nas praias fluviais do Pego das Cancelas e Fernandaires, aguardando-se o fim dos trabalhos mais alargados já em curso no Penedo Furado, fruto dos elevados estragos causados pela tempestade Elsa.

Já a praia fluvial do Bostelim, igualmente muito maltratada com a passagem da tempestade Elsa em dezembro de 2019, encontra-se a ser alvo de obras de requalificação mais profundas, prevendo-se a sua abertura para mais tarde.

Além das praias fluviais, também a Piscina Descoberta de Vila de Rei e a piscina infantil vão igualmente entrar em funcionamento a 1 de julho, com horário de abertura ao público das 10h00 às 12h00 e das 15h00 às 20h00, incluindo fins-de-semana.

O Município de Vila de Rei apela a todos os que visitarem as zonas balneares do Concelho que respeitem as normas indicadas pela Direção-Geral de Saúde, face à situação de pandemia da Covid-19, nomeadamente o distanciamento físico entre pessoas e entre chapéus de sol.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here