Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Outubro 23, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Vila de Rei | Totens instalados para assinalar 75 anos da Estrada Nacional 2

A Estrada Nacional 2 assinala 75 anos de existência, ligando Portugal de norte e sul, entre Chaves e Faro, com passagem por 35 concelhos do país pertencentes à AMREN2 – Associação de Municípios da Rota da Estrada Nacional 2. A efeméride foi assinalada com instalação de dois totens (marcos amarelos gigantes) nas duas entradas da sede de concelho de Vila de Rei, tal como sucedeu com outros municípios atravessados por esta mítica estrada, conhecida como a “Route 66 portuguesa”.

- Publicidade -

Vila de Rei tem o km 366 como distinção, e simboliza-se assim “a importância desta estrada no passado, na atualidade bem como no futuro para este concelho”.

Segundo a autarquia, “um dos totens foi colocado junto ao atual traçado desta estrada, já o outro foi instalado junto ao antigo traçado desta estrada, com passagem principal pelo seu quilómetro central e pela Praia Fluvial do Penedo Furado”.

- Publicidade -

Foto: CMVR

Refira-se que a Estrada Nacional 2, “além de ser uma das mais importantes de Portugal, por ligar Portugal de norte a sul numa travessia de 739 quilómetros, é também agora uma importante rota turística” atravessada por inúmeros amantes do turismo de estrada, nacionais e internacionais, dando a conhecer a muitos o que de melhor o Interior do país tem para oferecer.

A AMREN2 – Associação de Municípios da Rota da Estrada Nacional 2, integrada na região pelos concelhos de Vila de Rei, Sardoal, Abrantes, Sertã e Ponte de Sor, continua a trabalhar para a “criação de riqueza e valorização das pessoas dentro dos territórios atravessados pela N2, para o desenvolvimento turístico e a promoção económica e cultural dos municípios”.

Paulo César Luís, vice-presidente do Município de Vila de Rei defende que “a rota da Estrada Nacional 2 é uma mais valia para o concelho, contribuindo para a divulgação da cultura, património, gastronomia e tradições locais. O Município cada vez mais tem vindo a apostar nesta estrada que já é um produto turístico nacional, e assume-se como um polo atrativo desta região durante todo o ano. O 369,63 km é o ponto central desta viagem que entendemos ser de visita e paragem obrigatória”, termina.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome