Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Segunda-feira, Novembro 29, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Vila de Rei | Ricardo Aires (PSD) quer exceder expetativas dos cidadãos com consciência dos desafios (c/ fotos e vídeo)

Decorreu na tarde desta terça-feira a cerimónia de tomada de posse dos órgãos autárquicos vilarregenses que irão durante os próximos quatro anos gerir os destinos do concelho. Fruto do ato eleitoral que decorreu no passado dia 1 de outubro, tomou posse Ricardo Aires (PSD), reeleito presidente da autarquia, que conta com Paulo César Luís e António Jorge Tavares e com executivo reforçado por mais um vereador social democrata, Bruno Dias Fernandes. Luís Santos assume o único lugar garantido pelo Partido Socialista no executivo camarário.

- Publicidade -

Quanto à Assembleia Municipal, tomaram posse pelo PSD os deputados Paulo Brito, Fernando Cruz, Carla Sarmento, Valdemar Joaquim, Maria de Fátima Tavares, Carlos Nunes, Diogo Serras Santos, Hélder Antunes, João Bernardino, Carlos Domingos e André Luís, a que se somam os quatro deputados na bancada socialista, Manuel Viana, Diana Lucas, Fernando Martins e Carlos Dias.

Executivo camarário recém-empossado para o mandato de 2017 a 2021. Foto: Elsa R. Gonçalves/mediotejo.net

- Publicidade -

Ricardo Aires, após ter feito o seu compromisso solene de honra, procedeu ao discurso de tomada de posse, no qual os eixos prioritários do projeto camarário, bem como a preocupação com a manutenção da qualidade de vida no concelho e importância do recenseamento dos cidadãos não ficaram de fora.

Apontando o mérito, empenho, energia, seriedade e vontade da sua equipa enquanto “qualidades” que diz ter a certeza que irão continuar a ser colocadas ao serviço do concelho “em novos e exigentes desempenhos”, o autarca frisou ter consciência dos desafios do futuro.

Recordando o programa “assente na valorização da área social, económica e da educação, alicerces para a promoção e enriquecimento do território”, lembrou que são preocupações “aumentar a fixação de jovens, criar mais emprego e promover a vinda de novas empresas, promoção de parcerias e apoio às iniciativas privadas no âmbito da cultura, desporto e turismo, de modo a rentabilizar as potencialidades e deste modo gerar mais riqueza”.

Foto: Elsa R. Gonçalves/mediotejo.net

“Mais do que aquilo com que nos comprometemos com os vilarregenses, as expetativas continuam a ser altas, mas mais alta é a minha vontade e da minha equipa”, afirmou, fazendo notar que quer “exceder as expetativas dos cidadãos, das famílias e das organizações da sociedade civil, em diferentes áreas, como o Turismo, Infraestruturas viárias, Ação social, Saúde, Cultura, Desporto, Educação, Proteção Civil e Floresta”, bem como atuar na “preservação das tradições e património para uma melhor e maior cidadania”, disse Ricardo Aires.

Fazendo declaração de perseverança, e sublinhando a consciência das dificuldades, assumiu que “nada disso fará esmorecer”, fazendo-se acompanhar de “espírito de serviço a esta causa pública e cívica” para poder “trabalhar em prol de uma comunidade maravilhosa que são todos os vilarregenses, contribuindo para dignificar o seu estatuto de cidadãos de primeira e melhorar as suas condições de vida, com direito inquestionável a viverem mais felizes”, disse, durante o seu discurso.

Como é já habitual na postura política de Ricardo Aires, enquanto autarca vilarregense, a certa altura o tema do recenseamento surge, tema que lhe é “bastante caro”, bem como o apelo aos cidadãos não-recenseados, pedindo “a todos aqueles que habitam regularmente no concelho, e com ele se identificam, para que mudem a sua residência para Vila de Rei, este simples gesto é de mais elementar justiça, pois vem dar ao município e às freguesias os meios correspondentes às pessoas que efetivamente cá estão, podendo corresponder ao desejo de todos, de mais qualidade de vida”.

Paulo Brito reeleito presidente da mesa de Assembleia Municipal

A mesa de Assembleia continuará sob presidência de Paulo Brito (ao centro) contando com Fernando Cruz enquanto 1º secretário e Carla Sarmento como 2ª secretária. Foto: mediotejo.net

Após a tomada de posse, seguiu-se reunião de Assembleia Municipal para eleição do presidente da mesa de assembleia, bem como dos seus secretários, entre outros representantes municipais em instituições intermunicipais e comissões municipais.

Desta reunião surgiu a reeleição de Paulo Brito enquanto presidente da mesa de assembleia, acompanhado de Fernando Cruz (1º secretário) e Carla Sarmento (2º secretário).

Quanto ao Conselho Municipal de Segurança, ponto 2 desta sessão, nomeou Diogo Serras Santos (PSD) enquanto representante. Já no ponto terceiro, Carlos Domingos (PSD) foi indicado enquanto representante da Comissão Municipal de Trânsito.

Nos pontos 4 e 5, respetivamente, Valdemar Joaquim (PSD) foi nomeado responsável municipal na Comissão de Proteção do Idoso em Risco, ao passo que, para a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens em Risco foi aprovada por unanimidade a lista composta pelos deputados Fátima Tavares (PSD), Carla Sarmento (PSD), Diana Lucas (PS) e Hélder Antunes (PSD).

Vila de Rei, enquanto um dos 13 concelhos membros da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, tem direito a dois representantes na Assembleia Intermunicipal, tendo sido indicados na reunião desta terça-feira os deputados Paulo Brito (PSD) e Carlos Nunes (PSD).

Também foram apresentadas deliberações em minuta sobre propostas do Gabinete da Presidência, de isenção de taxas e faturação da água no mês dos incêndios em Vila de Rei, ambas aprovadas por unanimidade.

Por fim, ficara a indicação de que a Assembleia estará em conversações com a Câmara Municipal, a fim de disponibilizar transporte para os membros da Assembleia Municipal com residência fora de Vila de Rei, algo que será confirmado mais tarde.

Rosário Cavalheiro (PSD) reeleita presidente de junta da freguesia de São João do Peso, tomara posse este domingo em plenário de cidadãos eleitores, tendo cumprido o seu compromisso solene de honra nesta sessão. Foto: mediotejo.net

Na sessão estiveram ainda presentes os presidentes de junta eleitos das três freguesias do concelho, nomeadamente Rosário Cavalheiro (PSD), reeleita presidente de junta de São João do Peso (a freguesia com menos eleitores no país) e tendo já tomado posse; Sérgio Francisco (PSD), eleito presidente da junta de freguesia de Vila de Rei, e Manuel Mendes (PSD), eleito presidente de junta da Fundada, não tomaram ainda posse o que não permitiu que levassem a efeito o seu compromisso solene, algo que sucederá na próxima sessão de Assembleia Municipal, que deverá acontecer em novembro.

Sérgio Francisco (PSD) eleito presidente da JF Vila de Rei para o próximo mandato. Foto: mediotejo.net

Sérgio Francisco, empresário, é atualmente presidente do Vilarregense FC, Adjunto do Comando de Bombeiros de Vila de Rei, responsável pelo serviço de Proteção Civil do município, membro da direção do Lar do Milreu e vice-presidente da Casa do Benfica de Vila de Rei.

Manuel Mendes (PSD) eleito presidente da JF Fundada para o próximo mandato. Foto: mediotejo.net

Já Manuel Mendes, membro da anterior Assembleia Municipal, fora presidente da mesa da Assembleia de Freguesia da Fundada, presidente da direção do Clube C. D. R. da Fundada e tesoureiro do Lar da Fundada, sendo atualmente presidente da Assembleia Geral do Clube C. D. R. da Fundada.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome